Escola na Pituba cria rede para fomentar negócios de famílias e parceiros

coronavírus
13.08.2020, 13:28:00
Atualizado: 13.08.2020, 13:28:52

Escola na Pituba cria rede para fomentar negócios de famílias e parceiros

Rede de Produtos e Serviços oferece descontos especiais para membros da comunidade escolar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A escola particular Lua Nova, na Pituba, criou este mês uma rede de circulação de produtos e serviços para ajudar a fomentar as atividades comerciais de famílias da comunidade durante a pandemia de covid-19.

“Neste momento tão difícil para tanta gente, resolvemos ajudar na ampliação da comunicação entre as pessoas da nossa comunidade, fortalecendo um projeto colaborativo e de solidariedade entre elas, dando um pouco mais de visibilidade para quem tem produtos e serviços a oferecer”, explica a diretora da escola, Walkyria Rodamilans, afirmando que se trata de uma ideia antiga.

A diretora avalia que a instituição ocupa um espaço importante na vida das pessoas e não poderia se omitir nesse momento desafiador. “Temos que andar juntos, de mãos dadas, para atravessar esse período difícil. Queremos que a rede crie novas possibilidades em nossa comunidade. Muita gente não sabe, por exemplo, que o pai daquele colega é dono de uma pizzaria, que aquela mãe é instrutora de yoga ou aquela avó faz tortas e bolos, por exemplo. A rede permite que todos fiquem sabendo e possam se apoiar mutualmente”, explica.

Os inscritos na rede foram estimulados a dar descontos, variando de 5% a 25%, para as pessoas da comunicade Lua Nova. Os produtos e serviços ofertados fazem parte de uma revista digital que a escola produz para compartilhar com todos. 

Na primeira edição, a revista reuniu um total de 20 opções, entre empresas e profissionais, que oferecem os mais diversos produtos e serviços: acarajés e abarás, carnes e laticínios, bolos e doces, vinhos, musicoterapia, aulas de yoga, atividades artísticas, decoração e serviços de informática são alguns deles.

Cada empresa ou profissional descreve o produto ou serviço, as medidas que tem adotado para se adequar ao momento da pandemia e define o seu diferencial. A revista circula nos grupos de WhatsApp e outras redes sociais da escola. É possível acessá-la clicando aqui.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas