Esperança renovada! Vitória vence o Vasco e fica a um ponto de deixar a zona: 3x0

e.c. vitória
10.11.2021, 23:28:00
Marcinho marcou dois gols contra o Vasco, em São Januário (THIAGO RIBEIRO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Esperança renovada! Vitória vence o Vasco e fica a um ponto de deixar a zona: 3x0

Em noite inspirada, Marcinho marcou duas vezes e ainda deu assistência para Thalisson Kelven

A esperança do torcedor do Vitória foi renovada nesta quarta-feira (10). Em noite inspirada, o Leão apresentou bom futebol, aproveitou a crise pela qual o Vasco passa e venceu o time carioca em São Januário sem dificuldade: 3x0. O destaque do jogo foi o atacante Marcinho, que marcou duas vezes e ainda deu a assistência para o gol de Thalisson Kelven. 

O resultado foi um passo importante na luta contra o rebaixamento. O Vitória deixou a vice-lanterna da Série B, subiu para a 18ª posição, somou 37 pontos e agora está a apenas um do Brusque, primeiro time fora do Z4, em 16º lugar. 

O Vitória fez um primeiro tempo consciente e cirúrgico. Marcinho assinou um golaço relâmpago, anotado 58 segundos após o apito inicial. Depois de abrir o placar, o rubro-negro recuou, mas não deixou de jogar e ainda teve chance de ampliar.

Com a meta vazada, o Vasco foi para cima e, mesmo muitas vezes desorganizado, até criou oportunidades para igualar o marcador, mas esbarrou principalmente em boas defesas do goleiro Lucas Arcanjo. 

A vitória foi consolidada no segundo tempo, quando o zagueiro Thalisson Kelven ampliou de cabeça. Pra completar, Marcinho deu números finais ao jogo ao converter um pênalti sofrido por David. 

O jogo

O torcedor do Vitória festejou antes do primeiro minuto de jogo. Com tranquilidade, Marcinho conduziu a bola, clareou, encheu o pé e estufou a rede 58 segundos após o apito inicial. De fora da área, o atacante rubro-negro marcou um golaço, sem dar chance de defesa ao goleiro Lucão: 1x0. Três minutos depois, David tentou ampliar. Ele bateu na saída do arqueiro vascaíno, mas mandou para fora. 

Na sequência, o Vasco fez uma blitz contra a meta rubro-negra. Primeiro, Andrey chutou de fora da área e mandou a redonda bem pertinho da trave. Depois, ele fez a jogada e serviu Nenê. O meia bateu de primeira e viu Lucas Arcanjo defender.

Sem titubear, Andrey arriscou novamente de longe e outra vez mandou para fora. A quarta tentativa seguida do Vasco foi em cobrança de falta. Nenê conseguiu fazer a bola passar por cima da barreira e ela só não entrou no cantinho porque Lucas Arcanjo se esticou, fez grande defesa e roubou a cena. Cano pegou o rebote, mas chutou para fora. 

Repeteco? Sim. Em novo embate entre Nenê e Lucas Arcanjo. O meia chutou no canto e o goleiro revelado pelo Vitória se esticou mais uma vez para impedir o empate do time carioca. Nos acréscimos, Thalisson Keven arriscou para o Leão. De fora da área, ele chutou forte e tirou tinta da trave. 

A consolidação do Vitória no jogo aconteceu após o intervalo. Aos 23 minutos, Thalisson Kelven deu ao time a tranquilidade desejada. Após cobrança de escanteio de Marcinho, Thalisson Kelven subiu sem marcação e cabeceou como manda a cartilha. Testou para baixo, venceu o goleiro Lucão e correu para comemorar: 2x0.

Teve mais. Wálber derrubou David dentro da área e arbitragem marcou pênalti. Após marcar um golaço e dar a assistência para o gol de Thalisson Kelven, coube a Marcinho fechar o placar em São Januário. Aos 32 minutos, o camisa 11 do Vitória converteu a cobrança e deu números finais ao jogo: 3x0. 

Próximo jogo

O Vitória volta a campo no domingo (14), às 19h, quando recebe o Cruzeiro, no Barradão, em jogo válido pela 36ª rodada da Série B do Brasileiro. 

FICHA TÉCNICA

Vasco 0x3 Vitória - 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Vasco: Lucão, Bruno Gomes, Wálber (Romulo), Leandro Castan e Riquelme; Andrey, MT (Morato), Marquinhos Gabriel, Nenê e Gabriel Pec (Galarza); Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Thalisson Kelven e Roberto (Renan Luís); João Pedro, Fernando Neto (Soares) e Eduardo (Cedric); Fabinho, David (Caíque Souza) e Marcinho (Alisson Santos). Técnico: Wagner Lopes.

Estádio: São Januário
Gol: Marcinho, aos 58 minutos do 1º tempo; Thalisson Kelven, aos 23 minutos, e Marcinho, aos 32, do 2º tempo
Cartão amarelo: Eduardo, Andrey, Gabriel Pec, Wálber, Fernando Neto, Cano
Público e renda: Não divulgados
Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Lorival Cândido das Flores e Jean Marcio dos Santos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas