'Essa possibilidade não existe', diz Bruno sobre Neto ser vice de Bolsonaro em 2022 

salvador
05.02.2021, 11:32:49
Bruno Reis diz que sonho de Neto é ser governador da Bahia, como o avô (Max Haack/Secom/PMS)

'Essa possibilidade não existe', diz Bruno sobre Neto ser vice de Bolsonaro em 2022 

Ex-prefeito foi cotado para compor chapa, segundo coluna da Folha 

O burburinho de que o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, poderia ser candidato a vice-presidente de Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022 foi completamente descartado pelo atual prefeito de Salvador, Bruno Reis. “Essa possibilidade não existe”, desconsiderou o prefeito. A afirmação foi feita durante a inauguração do novo prédio do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Semente do Amanhã, no IAPI, na manhã desta sexta-feira (5). A especulação foi publicada na coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo hoje.  

Para Reis, o presidente do Democratas não será vice de nenhum candidato, pois tem outros planos políticos. Segundo Bruno, os dois tiveram uma reunião ontem (4), durante a noite, na qual esse assunto não foi nem comentado. “Tenho uma relação com ACM Neto de amizade e conversamos muito ontem à noite sobre tudo, sobre gestão, sobre política, e digo a vocês que não há hipótese de ele ser vice nem de Bolsonaro nem de ninguém, para não acharem que é preconceito contra Bolsonaro”, destaca Reis.  

O prefeito salienta que o sonho de Neto é, de fato, ser governador da Bahia e seguir os passos do avô, Antônio Carlos Magalhães. O avô de ACM Neto governou o estado três vezes, logo após ter sido prefeito de Salvador. “Acho que toca mais no coração do ex-prefeito ser governador do que vice-presidente. Ele tem esse sonho e acho que ele enxerga que isso é um projeto mais palpável do que ser vice-presidente, dá mais motivação a ele. Por isso que descarto essa possibilidade”, adiciona. 

Reis ainda brincou que só ele teve coragem de ser vice do ex-prefeito: “Cá para nós, ser vice, só eu tive coragem mesmo”. Brincadeiras à parte, o atual chefe do executivo municipal relembrou da atuação com Neto na gestão passada. “Me orgulho muito de ter sido vice-prefeito e acho que, pela primeira vez na história de Salvador, o prefeito e vice-prefeito tiveram uma relação de grande sintonia. São mais de 20 anos de amizade e relação e um ajudava o outro. Quando a cruz estava pesada demais, um passava para o outro carregar", recorda Bruno Reis.  

O prefeito ainda pontuou que a especulação não desgastará a imagem de Neto – muito pelo contrário. “Ontem ele estava na Folha de São Paulo, essa semana na CNN, ele é um líder nacional e está sendo cogitado como vice-presidente. Isso é motivo de orgulho para todos nós baianos, pelo trabalho que ele fez como prefeito e pelo trabalhado que ele vem fazendo como presidente do partido”, conclui.

*Sob orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas