Estreante na Série A, Juninho quer time ligado para bom início: 'São 38 finais'

e.c. bahia
11.05.2017, 08:17:00
Atualizado: 11.05.2017, 11:35:35

Estreante na Série A, Juninho quer time ligado para bom início: 'São 38 finais'

Aos 31 anos, volante vive expectativa de jogar a primeira divisão pela primeira vez

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Campeonato Baiano já é página virada no Bahia. Ontem, o elenco voltou aos trabalhos no Fazendão e iniciou a preparação para a partida contra o Atlético-PR, domingo (14), às 16h, na Arena Fonte Nova. Para alguns atletas, será a primeira experiência de disputar a primeira divisão. 

É o caso do volante Juninho. Aos 31 anos, o jogador que foi destaque na Série B do ano passado deve ser titular contra o Furacão ao lado de Edson, já que Renê Júnior, que desfalcou o time na decisão do Baiano, contra o Vitória, segue no departamento médico e é dúvida.

Xodó da torcida, Juninho vive a expectativa de fazer uma grande temporada na Série A. "Eu trabalho bem todos os dias, me dedico ao máximo nos treinos e tenho totais condições de fazer uma boa Série A. É continuar nesse caminho, que tenho certeza que vai ser um ano abençoado", disse Juninho. O volante faz um alerta e afirma que o Bahia precisa entrar em campo ligado e estrear bem na competição.

Juninho vive expectativa de boa temporada em sua estreia na primeira divisão
(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

"A Série A são 38 finais, 38 rodadas e todos os adversários de altíssima qualidade. A gente tem que estar bem preparado, focado, e não podemos deixar para amanhã o que podemos fazer hoje. Domingo temos que começar com o pé direito, fazer um bom jogo e conseguir os três pontos", apontou. 

Copa do Nordeste
Se o Campeonato Brasileiro está no foco tricolor, a Copa do Nordeste também não sai da cabeça. Entre um jogo e outro do Brasileirão, o time define contra o Sport o título da competição regional. A primeira partida da final está marcada para o dia 17 de maio, na Ilha do Retiro, no Recife. A grande decisão será na Fonte Nova, no dia 24. 

"O grupo queria conquistar as duas competições (Baiano e Nordestão), mas infelizmente o Baiano já é pagina virada, não conseguimos conquistar o objetivo final, que era o título. Mas creio que Deus reservou esse título da Copa do Nordeste, sempre foi o objetivo do clube e agora é trabalhar forte, fazer um grande jogo em Recife e trazer uma boa vantagem para a gente conseguir o título", afirmou. 

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas