Estudantes reclamam da matrícula web e Ufba vai parar nos Trending Topics

bahia
04.09.2020, 16:05:00
Atualizado: 04.09.2020, 16:27:54
(Arquivo CORREIO)

Estudantes reclamam da matrícula web e Ufba vai parar nos Trending Topics

A Supac divulgou um comunicado dizendo que reabrirá o Siac para que os colegiados possam resolver problemas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) foi parar nos Trending Topics, os Assuntos do Momento do Twitter, nesta sexta-feira (4). Na rede social, os estudantes reclamam de falhas no sistema de Matrícula Web da instituição, que disponibilizou a consulta ao resultado da matrícula do Semestre Letivo Suplementar (SLS 2020) nesta tarde, às 14h.

"Tô até com dor de cabeça aqui", escreveu uma internauta. Mas o assunto mais falado na rede social foi a falta de vagas. Muitos universitários disseram que não conseguiram pegar as disciplinas escolhidas. "Perspicácia: semestre suplementar da Ufba preparando para o mercado de trabalho: meia vaga para 200 pessoas, acreditem no seu potencial", ironizou um internauta.

"Privilegio é ser a única pessoa da Ufba que eu conheço que conseguiu pegar todas as materias que precisava", comentou um estudante. "É... Pelo visto eu nao vou conhecer o Semestre Suplementar da Ufba. Peguei um total de 0 (zero) matérias!", indignou-se outro tuiteiro. Confira outras reações mais abaixo.

Imagem: Reprodução/Twitter

Sistema será reaberto, diz Ufba

Diante da situação, a Superintendência de Administração Acadêmica (Supac) divulgou um comunicado dizendo que reabrirá o Sistema Acadêmico da Universidade, Siac, para que os colegiados possam resolver tais problemas.

"Diante dos problemas relativos ao planejamento das turmas e da matrícula dos alunos, reportados por alguns departamentos e coordenadores de cursos de Graduação, e devido ainda ao caráter atípico do Semestre Letivo Suplementar, a SUPAC/STI decidiram reabrir o SIAC para que os colegiados possam resolver tais problemas no período de 04 a 09/09", diz a nota. Confira o comunicado.

Reações dos estudantes

SLS 2020
O Semestre Letivo Suplementar (SLS 2020) da Ufba terá início no dia 8 de setembro. Em 17 de junho o Ministério da Educação (MEC) publicou portaria prorrogando a suspensão das aulas presenciais no Diário Oficial da União. No mesmo documento, a pasta autorizou a substituição das aulas presenciais por atividades remotas até o fim do ano para federais.

Assim, a Ufba decidiu por manter as aulas presenciais suspensas até o fim do ano e estabeleceu um calendário com aulas online por três meses. Desse modo, as aulas e atividades remotas iniciarão no dia 8 de setembro e devem ir até 18 de dezembro do ano.

A medida de adoção do SLS 2020 foi assinada pelo reitor João Sales em 24 de julho e passou pela aprovação do Conselho Superior, de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). O semestre online não tem caráter obrigatório, assim, os alunos não serão obrigados, por exemplo, a efetivar matrícula e participar.

Além disso, o SLS 2020 não interferirá nos semestres de 2020. Desse modo, o período letivo de 2020.1 permanece inalterado no sistema acadêmico até a definição de novo calendário para as aulas presenciais.

A UFBA lançou ainda editais de apoio a acesso à internet e compra de equipamentos. Assim, os alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica que não têm ferramentas para acompanhar o SLS podem solicitar apoio por meio dos editais. Clique aqui para mais informações.

O semestre abarca cursos de graduação e de pós-graduação. Assim, os estudantes realizaram a matrícula via internet, nos sistemas SIAC e SIGAA, respectivamente. O período de matrículas no SLS 2020 se encerrou nesta quinta-feira (3).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas