Evento literário reúne autoras baianas e mistura vendas de livros com palco aberto

entretenimento
30.11.2018, 11:00:00
Evento vende obras das autoras e conta com sessão de autógrafos (Foto: Divulgações)

Evento literário reúne autoras baianas e mistura vendas de livros com palco aberto

Projeto Mulheres e Literatura traz debate sobre os novos cenários e formatos do mercado literário

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Performances, bate-papo, vendas de livros e palco aberto se misturam no evento Mulheres e Literatura: Sobre Quem Escreve e é Escrita, que acontece neste sábado (01), na Livraria Leitura do Shopping Bela Vista, das 19h às 22h, com entrada gratuita. O evento reúne quatro autoras que representam a literatura contemporânea para debater o mercado literário baiano e brasileiro, explicando como funcionam os bastidores das diversas formas de lançamentos de livros no país e trazendo, ainda, momentos de proximidade com os leitores em sessões de autógrafos das suas obras.

Autoras vão recitar poesias e textos, responder perguntas e autografar livros no evento
(Foto: Divulgação)

A mesa de conversa é composta por Vanessa Brunt (@vanessabrunt), 23, autora de seis livros, é jornalista na editoria de Cultura do jornal CORREIO, crítica de cinema e blogueira. A autora, que lançou em julho a obra Depois Daquilo, escreve contos, crônicas e poesias. Ao lado de Brunt, está a psicóloga e terapeuta cognitiva Elizza Barreto (@elizzabarreto), 23. Autora baiana residente em São Paulo, Elizza leva sua experiência em escrever romances. 

Alguns livros das autoras estarão à venda na Livraria Leitura
(Foto: Divulgação)

Também convidada para o debate, Maria Luiza Maia (@marialuiza.maia), 23, estudante de Psicanálise, complementa a lista de autoras junto com Míria Moraes (@miriamoraes__), 25. Os contos e poesias de Maia se unem às críticas sociais e reflexões feministas de Moraes, autora do e-book Pai, Não Grite Com Sua Filha (2018), que escreve artigos, poesias e textos livres. 

OS VÁRIOS FORMATOS DE PUBLICAÇÃO

“É um evento não somente para os devoradores de livros, mas para todos aqueles que têm curiosidade em saber sobre as realidades do mercado literário atual, principalmente na Bahia. São autoras de gêneros variados e com experiências em formas de publicação também diferenciadas”, pontua Brunt. “Além disso, vamos responder perguntas sobre as nossas obras e conversar sobre o que mais vier dos leitores”, afirma a convidada.

As escritoras, que farão também performances – recitando poemas e textos –, vão explicar o funcionamento do mercado tradicional com editoras, além de tratarem dos lançamentos independentes, do universo voltado para e-books e de trabalhos lançados em redes sociais. 

Público poderá mostrar as próprias artes no evento
(Foto: Divulgação)

INTERAÇÃO
No evento, porém, a fala não fica somente para as artistas. O público poderá não somente fazer perguntas, gerando um papo dinâmico com as autoras, como também terá seu momento próprio, no palco aberto do projeto, para apresentar escritos e outras artes que produzam. 

“Desde criança fui percebendo como, em grandes obras, as personagens mulheres eram colocadas a serviço de um homem, ganhando papéis secundários em tramas que davam toda glória para o protagonista no final. Vamos também tratar dessa realidade das mulheres escritas que, aos poucos, mudam esse cenário: como Alice, de Alice no País das Maravilhas, e Katniss, de Jogos Vorazes”, explica Elizza Barreto, que também é criadora e curadora do evento.

À venda no local estarão os livros Depois Daquilo (2018, crônicas e frases) e Entre Chaves (2013, poesias), de Vanessa Brunt; Algumas Histórias Sobre a Falta (2018, poesias), de Maria Luiza Maia; e Cappuccino de Chocolate Com Creme (2018, romance), de Elizza Barreto. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas