Ex-presidente Lula elege obra de autor baiano para mergulhar na leitura

alô alô
27.02.2021, 05:01:00

Ex-presidente Lula elege obra de autor baiano para mergulhar na leitura


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ex-presidente Lula (Ricadro Stukert/divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está usando o período de isolamento, na pandemia, para mergulhar na leitura. Seu novo livro de cabeceira, como ele mesmo tem dito aos amigos mais próximos, é Torto Arado, obra premiada do geógrafo e escritor baiano Itamar Vieira Júnior. Editado pela Todavia, que tem ótimos títulos em seu catálogo, por sinal, o livro é um sucesso inquestionável, e não por acaso. Em 2020, Torto Arado ganhou três prêmios importantes: os portugueses Oceanos e Leya, e o Jabuti, o Oscar da literatura brasileira.   

A publicação tem como foco Bibiana e Belonísia, filhas de trabalhadores de uma fazenda no Sertão da Bahia, descendentes de escravos para quem a abolição nunca passou de uma data marcada no calendário. Intrigadas com uma mala misteriosa sob a cama da avó, acabam se envolvendo em um acidente que mudará para sempre as suas vidas. Itamar costuma dizer que esse romance é o retrato do Brasil de hoje. Um Brasil que tem uma profunda conexão, ainda, com o seu passado mal resolvido.

O florista Vic Meirelles (divulgação)

Realidade adaptada
Embora o setor de eventos esteja sofrendo horrores com a pandemia, Vic Meirelles não se esmorece: já está desenvolvendo projetos para 2022. Durante a semana, o famoso decorador e florista, radicado em São Paulo, esteve em Salvador para começar a desenvolver um casamento que deverá ser realizado na cidade no primeiro semestre do ano que vem. Durante a estada, Vic aproveitou para jantar no restaurante Amado, na Avenida Contorno, e rever as amigas Sonja Lopes e Núbia Caloula.

Maria de Fátima e Charlotte Salles (divulgação)

Seguindo os passos
Quem conhece Irá Salles sabe do apuro técnico e do significado das peças que a designer de acessórios vem criando ao longo de sua trajetória. A mais recente coleção, batizada de Globe Trotter, vem ainda mais especial. Um dos motivos é que as peças traduzem não só a essência de seu trabalho com toques manuais, mas são também resultado de garimpos de viagens que ela fez pelo mundo. "Nessa minicoleção surgem chapéus com detalhes de trabalho de macramê feitos por artesãos na praia de Tulum. São bolsas com fechos de conchas coletadas em praias nas Maldivas", explica a criadora. Outra razão para deixar a novidade ainda mais especial é que a campanha de lançamento foi estrelada por nada menos que suas filhas, Maria de Fátima e Charlotte, presentes no trabalho da mãe desde pequenas.

Helena Fialho (divulgação)

Despedida
Helena Fialho teve a despedida digna e honrosa que merecia. Foi quarta-feira, na Capela H do Cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas, em Salvador. Estiveram lá, os amigos de toda a vida, os familiares e os colegas da faculdade, além dos funcionários da empresa e da casa. Foi comovente ver a emoção dos seus colaboradores mais próximos – e isso revela mais do que qualquer coisa o que a pessoa é. Helena morreu na própria quarta, no Hospital Aliança, onde foi internada no final de janeiro para tratar da covid-19. Deixa o marido, o empresário Eduardo Fialho, três filhos – Larissa, Érica e Alvinho -, e uma legião de amigos.

Lírios  
Mary Aguiar, conhecida por ser a primeira juíza negra do país, faleceu na noite da última terça-feira. A notícia foi informada pelo desembargador Lidivaldo Britto, no dia seguinte, na sessão do plenário do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). As causas da morte de Mary, que estava internada no Hospital da Bahia, em Salvador, ainda não foram divulgadas. A magistrada baiana, que atuou entre 1962 e 1995, foi reconhecida pelo TJ-BA, em 28 de novembro de 2018, como a primeira juíza negra do país. Ela recebeu a outorga da Medalha do Mérito Judiciário, uma homenagem a personalidades relevantes que prestaram serviço ao Judiciário do Estado e da União.  

Investimento
O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) concedeu licença de instalação para construção do Complexo Eólico Tucano, com 365,8 MW de capacidade instalada, na Bahia. A licença contempla a fase 1, que é uma joint venture de controle compartilhado entre a AES Brasil e Unipar Carbocloro, e a fase 2, que envolve um acordo de venda de energia para a Anglo American, que juntas somam uma capacidade instalada de 322,4 MW.A conclusão do complexo está prevista para o segundo semestre de 2022. O complexo está localizado nos municípios de Tucano, Biritinga e Araci, 
na Bahia. 

Stand by 
A empresária Sandy Najar celebra aniversário neste sábado. Com a pandemia, não fará nenhum tipo de comemoração. Se fosse em outros tempos, promoveria grande festa, com dezenas de amigos, no Horto Florestal, onde mora.  

Homenagem virtual 
Na próxima segunda-feira, às 21h30, Gilberto Gil vai receber em seu canal do Youtube o Festival Demarcação Já Remix, ao lado de artistas da música e das artes como Criolo, Chico César, Dona Onete, Felipe Cordeiro, DJ Raiz e Oskar Metsavaht. O evento online, apresentado pelo DJ Mam, irá celebrar os 456 anos do Rio de Janeiro e levantar a discussão sobre a demarcação de terras no Brasil. "Vamos lutar pela preservação do meio ambiente e de seus guardiões, os povos indígenas", disse o cantor e compositor baiano, convocando o público a participar.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas