Facebook e Instagram derrubam live em que Bolsonaro mentiu que vacina causava Aids

brasil
25.10.2021, 09:09:51

Facebook e Instagram derrubam live em que Bolsonaro mentiu que vacina causava Aids

Médicos e cientistas dizem que afirmação é absurda e completamente desconectada da realidade

O Facebook e o Instagram derrubaram, na noite deste domingo (24), a live semanal de Jair Bolsonaro transmitida na última quinta-feira (21). Nela, o presidente mentiu ao associar as vacinas contra a covid-19 a casos de AIDS.

De acordo com porta-voz da companhia, o motivo para a exclusão foram as políticas da empresa relacionadas à vacina da Covid-19. "Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas."

Na live, Bolsonaro leu uma notícia falsa que alertava que "vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]".

Pesquisadores e médicos rechaçam essa relação, dizendo que a transmissão do HIV através da vacina é falsa, inexistente e absurda.

Denise Garrett, epidemiologista e vice-presidente do Instituto Sabin (EUA), disse em entrevista à Folha: "Não tem nenhuma possibilidade ou plausabilidade dessas vacinas fazerem isso. A afirmação é absurda e anticientífica."

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas