Feira de Santana: assessor de vereador foi mantido em cárcere, dizem manifestantes

bahia
01.04.2022, 16:35:00

Feira de Santana: assessor de vereador foi mantido em cárcere, dizem manifestantes

Rafael Moreira teria sido agredido, algemado e levado por guardas municipais

De acordo com manifestantes que participam da ocupação do prédio da prefeitura de Feira de Santana, Rafael Moreira, assessor do vereador de Feira de Santana, Jhonatas Monteiro (PSOL), foi mantido em cárcere por agentes da Guarda Municipal durante cerca de quatro horas. 

Em suas redes sociais, o vereador afirmou que Jhonatas foi agredido por guardas, teve um dente quebrado, foi algemado e levado pela Guarda Municipal. Após isso, pessoas próximas ficaram sem contato com Rafael. 

Segundo Marlede Oliveira, diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Feira de Santana, o assessor estaria sendo usado para negociar a saída dos manifestantes do prédio. “O assessor Rafael Moreira ainda está detido, não temos notícias dele. Há uma conversa aqui que ele só será liberado se a gente sair do prédio, ele está sendo usado como moeda de negociação pela Guarda Municipal. Isso é um absurdo”, afirmou. 

Agora há pouco, Jhonatas Monteiro informou que Rafael está sendo levado para a delegacia. 

"Após nossas denúncias e a repercussão do caso na mídia, nosso companheiro Rafael Moreira está sendo conduzido nesse momento até a delegacia. Estaremos lá com ele, buscando garantir sua integridade e assegurar que seus direitos não sejam ainda mais violados. Quanto mais divulgarmos a situação, que é de prisão ilegal, mais chances temos de conseguir a liberdade de Rafael, e por isso pedimos a colaboração de todas e todas dando visibilidade ao caso e compartilhando os materiais", publicou o vereador nas redes sociais.

Rafael Moreira estava desde esta quinta (31) na sede da prefeitura acompanhando o vereador Jhonatas Monteiro e filmando a ocupação. De acordo com a prefeitura de Feira de Santana, ele foi responsável pela agressão de um dos guardas municipais, que ficou ferido. O vereador nega a acusação feita ao funcionário. 

O que diz a prefeitura
A prefeitura de Feira de Santana afirmou que Rafael Moreira teria agredido o guarda municipal Josevaldo Brito Menezes com uma cotovelada no rosto. “Ele foi contido e conduzido à delegacia, onde será prestada queixa”, diz a nota da prefeitura. A nota diz ainda que o prédio foi vítima de vandalismo, tendo portas quebradas e as redes elétricas e de internet comprometidas. “O andamento de processos licitatórios, gestão de folha de pagamento, contratações e protocolo são alguns dos serviços da pasta que foram impossibilitados de serem executados”, afirma.

Por volta das 20h desta sexta, o assessor do vereador Jhonatas Monteiro, Rafael Moreira, foi conduzido à delegacia escoltado pela Guarda Municipal, para registro de ocorrência policial. Rafael teria agredido um guarda municipal com uma cotovelada, enquanto o servidor público entrou com um grupo de guardas para negociar a desocupação do prédio, pela manhã de hoje.

A assessoria da prefeitura foi procurada e não comentou a acusação, informando apenas que o assessor foi contido e escoltado até a delegacia. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas