Feira muda horário toque de recolher e diminui restrições; veja como fica

bahia
28.07.2021, 11:15:00
Atualizado: 28.07.2021, 11:16:50
(Tiago Caldas/Arquivo CORREIO)

Feira muda horário toque de recolher e diminui restrições; veja como fica

Novo decreto vale desta quarta até o dia 3 de agosto

A prefeitura de Feira de Santana mudou o toque de recolher para de 0h30 a 5h, entre outras alterações feitas nas medidas de restrições na cidade por conta da pandemia de covid-19.

O novo decreto vale a partir desta quarta-feira (28), até o dia 3 de agosto. Ele foi publicado no Diário Oficial de ontem. Nas restrições,  o comércio terá mudanças de maneira escalonada para cinco grupos. Veja todos os detalhes na tabela ao fim da matéria.

Bares e restaurantes podem funcionar até 00h30 em atendimento presencial e até 1h para delivery. É preciso continuar com distanciamento de dois metros entre as pessoas.

Serviços de oficina, concessionárias, óticas, e mais podem funcionar das 8h às 17h, de segunda a sexta e das 8 às 14h aos sábados.

Lojas de material de construção, armarinho, de sapato, papelaria, barberia e os box de número ímpar no Feiraguay, entre outras, funcionam das 9h às 18h de segunda a sexta e das 8h às 14h no sábado.

Shoppings funcionam das 10h às 22h de segunda a domingo. O Centro de abastecimento da cidade funcionará das 4g às 16h de segunda a sexta e das 4h às 14h no sábado, fechando aos domingos. 

Indústria, construção civil, setor de segurança e transportadoras funcionam em "horário normal" de segunda a sábado, sem funcionar aos domingos.

Serviços considerados essenciais podem seguir horário normal. São eles padarias, mercados, farmácias, postos de gasolina, lojas para produtos pet e veterinários, açougues, distribuidora de água e gás, bancos, lotéricas, clínicas e escritórios te´cnicos de profissionais liberais.


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas