Fenagro tem mais de 4 mil animais em exposição

economia
23.11.2018, 06:00:00
Atualizado: 27.11.2018, 16:50:23
((foto: Mauro Akin Nassor / arquivo Correio))

Fenagro tem mais de 4 mil animais em exposição

Feira é a maior do setor agropecuário do Norte e Nordeste do país e começa no sábado (24/11)

Neste sábado (24), todos os caminhos rurais da capital baiana levam ao Parque de Exposições, na Avenida Paralela. Ao completar 40 anos, o parque vai sediar por nove dias a 31ª Fenagro - Feira Internacional de Agropecuária, o maior evento do segmento no Norte Nordeste do Brasil.

Com mais de 4 mil animais em exposição e 2.500 expositores, o evento deve reunir cerca de 100 mil pessoas. Entre os animais estão bovinos, equinos, caprinos, ovinos e animais de pequeno porte. Estão previstos seis leilões de bovinos da raça Girolando, de equinos das raças Pampa, Mangalarga e Mangalarga marchador, e de ovinos da raça Santa Inês. Animais de 15 raças também irão a julgamento na pista.

O lançamento da feira reuniu numa churrascaria em Salvador representantes do setor, produtores rurais, pecuaristas e jornalistas. “A expectativa é de um faturamento em torno de R$ 10 milhões. É nas baias, pistas e pavilhões que os anfitriões da Fenagro exibem o que há de melhor no agronegócio do estado e o alto padrão da genética animal. A nossa pecuária está crescendo também porque os nossos eventos são fortes”, destaca Almir Lins, coordenador do evento e presidente da Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia.

A feira vai contar ainda com Arena Off Road, concurso leiteiro, cozinha interativa, praça de alimentação com culinária regional e apresentação de grupos musicais, cordelistas e teatrais, além de parque de diversões e arena pônei.

Cursos e palestras
A feira agropecuária completa quatro décadas seguindo a tendência das principais feiras do segmento no Brasil ao reservar espaços para palestras, cursos e debates sobre inovação e qualificação no setor. Durante todos os dias, instituições educativas, de pesquisa, empresas privadas e órgãos do governo vão ocupar os pavilhões com rodadas de negócios, workshops, fóruns e debates sobre estratégias de inovação e competitividade na agropecuária.

No auditório da Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri) vão ser realizadas palestras sobre assuntos de interesse das cadeias produtivas, entre eles a preservação do solo, combate a pragas e pesquisas de desenvolvimento de algumas culturas, como a banana.

Já a Associação Baiana de Criadores de Nelore (ABCN), em parceria com a Embrapa e a entidade Elas no Agro, vai promover a Semana Idea de Inovação, Desempenho e Empreendedorismo. O evento ganhará três versões. A semana começa na próxima segunda e terça-feira, com o Ciclo de Debates Embrapa de Pecuária, e prossegue na sexta e no sábado com o Circuito Baiano de Qualidade de Carne. Especialistas no setor vão apresentar palestras sobre novas tecnologias de pecuária, qualidade de carne bovina, mercado gourmet, e sustentabilidade como valor agregado no mercado internacional.

A tecnologia é o foco principal de muitas palestras. “Sanidade, reprodução, pastagens, gestão e principalmente o que nós chamamos de pecuária 4.0, que é o que há de novo na pecuária. A tecnologia que permite ao produtor ter a fazenda na palma da mão. Aquela história de fazendeiro de fim de semana acabou. E é isso que a Fenagro vai mostrar”, diz Luiz Sande, Coordenador da Semana Idea e diretor técnico da ABCN.

Com uma participação estimada em 30% nos cargos de gestão no agronegócio, as mulheres terão destaque especial nesta edição. Na quarta e na quinta-feira, quem for ao parque poderá participar do Seminário “Elas no Agro”, voltado para o empreendedorismo feminino no setor.

Agricultura familiar
Esta edição da Fenagro abre espaço especial para os pequenos produtores do estado. Cerca de 270 empreendimentos, entre cooperativas e associações dos 27 territórios de identidade da Bahia, vão poder comercializar produtos na 9ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (FEBAFES).

A feira reunirá empreendimentos da Agricultura Familiar, economia solidária, assentados dos programas de reforma agrária e crédito fundiário, além de povos e comunidades tradicionais do estado. Juntos eles devem comercializar mais de 2 mil produtos. 

Novos lançamentos também, serão realizados durante a feira, como o iogurte de café e os queijos de cabra defumado e ao vinho, da Cooperativa Agropecuária de Giló (Coopag), e a cerveja de licuri, da Cooperativa Regional de Agricultores Familiares e Extrativistas da Economia Popular e Solidária (Coopersabor). Outra novidade é o Mix Sertão da Cooperativa Agroindustrial de Itaberaba (Coopaita), um composto de frutas desidratadas, castanha de caju e tapioca.

“A feira revela a capacidade do rural baiano se reinventar. Nós tínhamos um passado de agricultura que era muito no campo da subsistência, passamos por uma fase de agro industrialização, e estamos nos consolidando para uma cultura de comercialização. Isso dá mais renda ao agricultor familiar e fortalece a economia da Bahia”, afirma Jerônimo Rodrigues, Secretário de Desenvolvimento Rural do Estado.

Instituições financeiras vão estar presentes e operar linhas de crédito específicas para agricultura familiar. Já os avanços tecnológicos na área de produção vão ser apresentados por cerca de 30 organizações sociais, acadêmicas e empresas que estarão no Espaço de Tecnologias Sociais.

Papai Noel
Este ano, um espaço abrigará a Casa do Papai Noel na Fazenda. A ideia é destacar o espirito natalino no contexto rural, de forma dinâmica e criativa.

Os carros também terão espaço no parque. A arena off-Road irá reunir praticantes de todo o país do maior segmento 4x4 no Norte-Nordeste. E uma exposição de carros antigos exibirá autos de colecionadores. Já o Corpo de Bombeiros vai realizar uma exposição de carros e equipamentos usados no combate a incêndios e arvorismo, além de palestras sobre acidentes domésticos e primeiros socorros.

Os dois principais times baianos, Bahia e Vitória, vão participar da feira apresentando em um espaço especial produtos oficiais dos times e material que conta a história do futebol baiano.
“É uma edição mais diversa. Teremos ainda a presença do SAC móvel e carros do Conselho Regional de Engenhara e Agronomia (CREA) e do Detran, que vão oferecer serviços à comunidade. Tudo para que tenhamos uma feira mais forte”, Eduardo Rodrigues, chefe de gabinete da Secretaria de Agricultura da Bahia.

Camarão mais barato
No estande da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, os visitantes poderão conhecer detalhes da cadeia produtiva da criação de camarão, a carcinicultura.

A empresa montou uma espécie de fazenda de camarão no Parque de Exposições. O crustáceo será comercializado a R$ 25 o quilo, cerca de 40% mais barato que o valor de mercado.

A empresa disponibilizará aproximadamente 1 mil quilos de camarão para comercialização durante a Fenagro. Cada comprador poderá adquirir, no máximo, três quilos do produto. A venda começará já no primeiro dia da feira, sábado, e será realizada enquanto durar o estoque. Serão aceitos pagamentos apenas em dinheiro.

“O crustáceo é produzido na fazenda experimental da empresa, em Santo Amaro, que estuda métodos e tecnologias para aumentar a produtividade das fazendas baianas. Hoje o estado produz quatro mil toneladas de camarão por ano, mas nossa meta é atingir a marca de oito mil toneladas por ano até 2020”, explica o presidente da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues.

Pujança
O agronegócio representa 25% da economia da Bahia, segundo a Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri). O setor movimenta mais de R$ 30 bilhões por ano e é responsável por cerca de 37% das exportações do estado.


SERVIÇO
O QUE: Fenagro – Feira Internacional da Agropecuária.
QUANDO: 24 de novembro a 02 de dezembro
ONDE: Parque de Exposições de Salvador – Avenida Paralela – 8h às 22h
INGRESSO: R$ 10.
*Entrada franca para crianças até 10 anos e pessoas com mais de 60 anos.
**Na segunda, terça e quarta-feira o acesso é gratuito para todos até as 13h.

Errata: O horário de gratuidade do evento é apenas até as 13h
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/atores-da-televisa-morrem-ao-cair-de-ponte-durante-ensaio-para-serie/
Vítimas faziam parte de elenco da série ‘Sin Miedo a la Verdad’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/blecaute-em-morro-de-sao-paulo-deixa-turista-sem-banho-e-gera-prejuizo-no-comercio/
Balneário ficou 20 horas sem luz; concessionária cita 'defeito em equipamento'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-uma-feijoada-inorganica/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/martnalia-volta-ao-tca-com-show-em-homenagem-a-vinicius-de-moraes/
Apresentação que aconteceria na Concha nesta sexta (17) foi transferida para a Sala Principal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bastidores-confira-historias-curiosas-que-os-reporteres-viveram-na-cobertura-do-bonfim/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tomando-umas-e-sambando-o-bonfim-de-quem-usa-a-fe-como-desculpa-pra-comer-agua/
No lado B do cortejo, encontramos até infiéis e ateus que são devotos da bagaceira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-da-colina-festas-privadas-prolongam-comemoracao-da-lavagem-do-bonfim/
Com atrações de samba, axé e pagode, locais e turistas lotam os espaços de show na Cidade Baixa
Ler Mais