Ferragens para construção de um sonho em família: conheça a história de Sabrina Rocha

economia
23.11.2021, 22:17:00
Sabrina Rocha e o marido ampliaram o sonho de abrir lojas no sul da Bahia com mais de 14 mil ítens (Acervo pessoal)

Ferragens para construção de um sonho em família: conheça a história de Sabrina Rocha

Empresária do sul da Bahia conta como uniu a formação acadêmica e as tradições familiares para montar um negócio

A gestão e o empreendedorismo apareceram na vida de Sabrina Rocha aos 13 anos, idade na qual, geralmente, os adolescentes estão com a cabeça em descobertas, aventuras e sonhos. "Meu pai tinha uma oficina de elétrica e mecânica de carros em Eunápolis, região sul da Bahia, e meus irmãos trabalhavam com ele. A mim cabia a tarefa de fazer o controle de estoque e vendas por meio de fichas, uma vez que, naquela época, não havia computador doméstico", relembra.

Depois que um dos irmãos saiu da empresa familiar para montar o próprio negócio, a jovem, já com 18 anos, assumiu a gestão e o financeiro da oficina. O caminho natural foi partir para estudar administração em Vitória, no Espírito Santo. De volta à casa dos pais depois de formada, ela ainda chegou a trabalhar com um dos irmãos, quando o pai se aposentou e foi viver a vida de fazendeiro.

"Depois de toda essa saga, passei a trabalhar com educação e descobri uma paixão. Trabalhei como professora universitária e depois fui administrar a faculdade", conta. Em 2015, ela e o marido tiveram a oportunidade de unir forças num negócio do casal: a Maqffer. Atualmente, eles estão com lojas em Eunápolis e Porto Seguro.

A história de Sabrina será o tema do programa ao vivo Empregos e Soluções dessa quarta-feira (24), às 18 horas, no perfil do Jornal Correio, no Instagram. Durante o bate papo com Flávia Paixão, a empreendedora e administradora falará sobre como os negócios fortaleceram seu casamento e como eles conseguiram superar o momento mais crítico da pandemia, quando o comércio ficou de portas fechadas. "Naquele período mais crítico, muitas pessoas ficaram mais em casa e perceberam que o lar era o que havia de mais importante, e que era necessário cuidar", conta, lembrando que eles conseguiram vender muito e ter um fluxo de caixa inimaginável.

Para saber mais sobre essa história, acompanhe o Empregos e Soluções nessa quarta-feira, às 8 horas, na página do Jornal Correio, no Instagram.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas