Ferreira Costa é interditada por descumprir protocolo

bahia
21.03.2021, 14:10:00
Fiscal lacra porta da loja. Internamente, estava funcionando um serviço de bordado, considerado não essencial (fotos: divulgação/Sedur)

Ferreira Costa é interditada por descumprir protocolo

Loja foi fechada por permitir o funcionamento de atividades não essenciais

Durante vistoria, neste domingo (21/3), os fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e policiais militares, interditaram a loja Ferreira Costa por promover aglomeração e permitir o funcionamento de atividades não essenciais.

O diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Júnior, afirma que o estabelecimento estava descumprindo os protocolos contra o coronavírus. “A loja estava cheia e presenciamos a entrada de famílias, inclusive com crianças, e casais que circulavam pelo estabelecimento sem nem fazer compras. Mas, pareciam que estavam passeando, conclui. 

Os fiscais identificaram ainda o funcionamento de atividades não essenciais como serviço de bordado e lista de presentes.

Procurada pelo CORREIO, a Ferreira Costa afirmou que não vai se manifestar.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas