Fila da vacina: Rui Costa diz que vai ao STF para pedir prioridade aos professores

coronavírus
03.02.2021, 12:16:49
Atualizado: 03.02.2021, 19:08:05

Fila da vacina: Rui Costa diz que vai ao STF para pedir prioridade aos professores

Governador disse ainda que as escolas já estão sendo preparadas para a retomada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador Rui Costa afirmou nesta quarta-feira (3) que vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir prioridade na vacinação de professores. "Estamos ajustando tudo para dar segurança e condições sanitárias e pedagógicas de retorno aos estudantes, professores e demais profissionais da educação", escreveu, no Twitter.

Rui disse ainda que as escolas já estão sendo preparadas para a retomada das aulas presenciais. "Estamos preparando as escolas com mais pias, álcool em gel e equipamentos de proteção. Já fizemos um plano de alternância de turnos de aulas para evitar a lotação das salas", detalhou. 

Ele disse ainda que as aulas devem ser retomadas antes que toda a população seja vacinada, e explicou que a data está vinculada ao controle do número de casos de covid-19. "Vamos voltar às aulas, sim. A retomada das atividades escolares acontecerá antes da maioria da população ser vacinada, mas não podemos ser irresponsáveis em estabelecer uma data enquanto a ocupação de leitos e o número de mortes se mantiver nos níveis atuais".

Na terça-feira (2), o Sindicato dos Professores do Estado da Bahia (Sinpro) pediu que o retorno das atividades escolares presenciais só ocorra com a vacinação dos professores e que esses profissionais sejam priorizados na vacinação. Esse pedido foi apresentado ao presidente da comissão especial para avaliação dos impactos da pandemia da covid-19, o deputado estadual Angelo Almeida, para buscar uma interlocução junto à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e ao governo do estado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas