Foragido do assalto ao Banco Central é preso 17 anos após o crime; veja vídeo

em alta
18.04.2022, 17:29:00
(Reprodução)

Foragido do assalto ao Banco Central é preso 17 anos após o crime; veja vídeo

Homem já havia sido preso preventivamente em outubro de 2021, mas foi solto

Um homem de 58 anos foi preso no último domingo, 17, por participação direta no furto ao Banco Central em Fortaleza, quando foram roubados mais de R$ 164 milhões. O crime ocorreu em 2005.

A prisão foi realizada no bairro Cocó, na capital cearense. A abordagem foi realizada pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), com o apoio dos sistemas Agilis e de Videomonitoramento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 

O homem, que não teve a identidade revelada, já havia sido preso preventivamente em outubro de 2021 por seu envolvimento no furto. No entanto, ele conseguiu um alvará de soltura e foi posto em liberdade. Neste ano, um novo mandado de prisão condenatória foi expedido, em março, pela 12ª Vara Federal de Fortaleza/CE e cumprido nesse domingo (17).   

Após receber voz de prisão, o homem foi conduzido à sede da Polícia Federal em Fortaleza. Após a realização dos procedimentos, ele será transferido para uma unidade prisional, onde ficará à disposição do Poder Judiciário. 

Força-Tarefa 

O Estado do Ceará aderiu ao Plano de Forças-Tarefas Susp de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em 2021. A adesão ocorreu com a presença do secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, no Palácio da Justiça, em Brasília (DF). No ato, o gestor cearense firmou acordo de cooperação técnica entre a SSPDS do Ceará e o MJSP. A iniciativa do Ministério reforça os pilares da Lei nº 13.675/2018, que instituiu o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) para integração formal e material dos órgãos de segurança pública. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas