'Foram falas, sim, de racismo estrutural', admite Ivy, do BBB20

em alta
25.04.2020, 19:54:00
Atualizado: 25.04.2020, 19:54:35
(Foto: Fabrício Cardoso/Divulgação)

'Foram falas, sim, de racismo estrutural', admite Ivy, do BBB20

Mineira reconhece erros e diz que quer "consertar e aprender"

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ivy Moraes foi uma das ex-participantes do BBB20 que mais receberam críticas nas redes sociais. A mineira fez várias declarações polêmicas dentro do reality show e muitos brasileiros viram preconceito no que ela falava. Agora, fora do confinamento, ela reconhece os erros - e se diz disposta a tentar consertá-los.

"Eu falei sem conhecimento, entendi meu erro, sei que foram falas, sim, de racismo estrutural. Eu vi que errei, estou de peito aberto para consertar e aprender. Sei que machuquei as pessoas e tenho que aguentar as consequências", falou, em entrevista ao G1.

A modelo, que completa 28 anos neste sábado (25), foi eliminada do programa com 74,17% dos votos, em um paredão contra Rafa e Thelma, no último domingo (19). Dentro do reality, ela chamou a atenção por votar várias vezes em Babu Santana. Fora do BBB20, acredita que isso a prejudicou no jogo.

"Olhando aqui fora, acho que sim, eu não soube jogar lá dentro, não fui uma boa jogadora. Não tinha nada de estratégia, sempre abri todo meu coração, com medo de votar em muitas pessoas. Peguei uma situação do Babu que eu não gostei, no começo, e pequenas coisas acabaram virando motivo de voto", comentou a mineira, que declarou que torce para Rafa Kalimann.

Mãe de Luiz Miguel, de 3 anos, ela não se desgrudou do pequeno desde que saiu do BBB20. "A gente está matando a saudade até hoje ainda".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas