Força-tarefa interdita 27 estabelecimentos em Itapuã e no Rio Vermelho

salvador
12.12.2020, 14:45:00
Atualizado: 12.12.2020, 14:51:32
(Foto: Divulgação)

Força-tarefa interdita 27 estabelecimentos em Itapuã e no Rio Vermelho

Desde o início da retomada, 438 estabelecimentos foram interditados por descumprirem protocolos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma força-tarefa da prefeitura interditou 27 estabelecimentos irregulares no primeiro dia de fiscalização do decreto que proibiu o funcionamento de bares, restaurantes e comércio informal nos bairros de Itapuã e Rio Vermelho a partir das 17 horas de sexta-feira, sábado e domingo. A fiscalização interditou dois espaços no Rio Vermelho e 25 em Itapuã. 

Liderada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), a força-tarefa contou com o apoio da Secretaria de Ordem Pública (Semop), Guarda Municipal, Transalvador e Polícia Militar. Os agentes da Sedur interditaram nove bares, oito depósitos de bebida, oito lanchonetes, um quiosque e um restaurante. Já a Semop, aprendeu bebidas que estavam sendo comercializadas de forma irregular. 

“Estamos unindo esforços para garantir a segurança da população. Não vamos permitir que estabelecimentos funcionem sem cumprir os protocolos e nem aglomerações na cidade. Esses ambientes favorecem a disseminação do coronavírus”, comenta o titular da Sedur, Sérgio Guanabara. 

Desde o início da retomada das atividades comerciais, no dia 10 de agosto, 438 estabelecimentos foram interditados por descumprirem os protocolos de funcionamento e 64 aglomerações foram dispersadas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas