Forças Armadas não medirão esforços para garantir nossa liberdade, diz Bolsonaro

brasil
15.04.2021, 12:32:22
(Arquivo ABr)

Forças Armadas não medirão esforços para garantir nossa liberdade, diz Bolsonaro

"O povo brasileiro pode continuar contando com o seu Exército", afirmou

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro em um discurso rápido, afirmou que as Forças Armadas, conforme determina a Constituição, não medirão esforços para garantir a liberdade do povo brasileiro. Durante a solenidade de troca na chefia do Comando Militar do Sudeste (CMSE), em São Paulo, nesta quinta-feira (15), Bolsonaro abriu mão de usar expressões como "meu exército" e disse que as Forças Armadas pertencem ao povo. "O povo brasileiro pode continuar contando com o seu Exército."

"A nossa nação tem uma vocação, a liberdade acima de tudo, e a certeza desse povo maravilhoso - de mais de 210 milhões de pessoas - que as suas Forças Armadas sempre, dentro das quatro linhas da Constituição, não medirão esforços para garantir o oxigênio da vida, que é a nossa liberdade", disse o mandatário.

No discurso, Bolsonaro agradeceu, em especial, o general Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, que substitui o general Eduardo Antonio Fernandes no CMSE, e o empresário Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), aliado político e opositor do governador João Doria (PSDB). "Um homem que colaborou desde o início para que o nosso colégio militar cada vez mais se transformasse numa realidade", afirmou Bolsonaro sobre o empresário.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas