Fórum discute potencial econômico da Baía de Todos os Santos

sustentabilidade
12.11.2017, 06:03:00
Sede da Amazônia Azul é foco do debate da 3ª edição do Fórum Internacional de Baías (Foto: Almiro Lopes/ Arquivo CORREIO)

Fórum discute potencial econômico da Baía de Todos os Santos

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo (71) 3203-1480 ou viviane.anchieta@redebahia.com.br

As oportunidades de investimentos para a Baía de Todos os Santos, sede da Amazônia Azul, serão debatidas na III edição do Fórum Internacional de Gestão de Baías, que será realizado amanhã (13/11), a partir das 14h, na Casa do Comércio. Os painéis irão tratar sobre as “Baías mais belas do mundo na Amazônia Azul” e “Investimentos, Infraestrutura e Turismo na Baía de Todos os Santos”.

“O CORREIO entende que é um projeto de fundamental importância tanto de forma estratégica, quanto sustentável para desenvolver a cidade de Salvador. Queremos com isso gerar essa discussão, levando em conta os aspectos sociais, econômicos e ambientais da Baía de Todos os Santos”, afirma o Gerente de Mídias Digitais e Marketing do jornal, Fábio Gois.

 Para um dos organizadores do fórum, Eduardo Athayde, que é diretor do WWI-Worldwatch Institute no Brasil e da Associação Comercial da Bahia (ACB),  é importante chamar a atenção para este rico patrimônio que está concentrado na maior baía do Brasil e segunda maior do mundo. 

“Queremos viabilizar a criação da Agência de Gestão da BTS, para inovar na governança das diversas atividades já existentes na Baía de Todos os Santos, sobretudo nos polos da atividade portuária, turística,  industria naval e a de transporte”.

Além de Athayde, o fórum conta com as apresentações de Angelo Calmon de Sá Jr., vice-presidente da FIEB;  Camilo de Souza, capitão de Mar e Guerra da Marinha; Maria das Dores Meira, presidente do Clube das Baías Mais Belas do Mundo; Cláudio Tinoco, secretário de Cultura e Turismo de Salvador; José Alves, secretário de Turismo do Governo da Bahia; e Marcos Lomanto, chefe da assessoria de projetos e parcerias da Embratur.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas