Galvão Bueno tem mal-estar e passa por cateterismo em Lima

em alta
21.11.2019, 13:17:13
Atualizado: 21.11.2019, 16:42:06

Galvão Bueno tem mal-estar e passa por cateterismo em Lima

Narrador será substituído por Luis Roberto na final da Libertadores

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Galvão Bueno passou mal na manhã desta quinta-feira (21) e foi internada para passar por um cateterismo em um hospital de Lima, no Peru, onde estava desde a quarta-feira (20) para narrar a final da Libertadores, entre Flamengo e River Plate, que acontece no sábado. Por conta do episódio, será substituído pelo colega Luis Roberto na transmissão.

De acordo com a Globo, o narrador foi levado pela esposa, Desirée, para ser atendido em uma clínica em Lima. Ele passa pelo cateterismo para desobstruir uma artéria coronariana. O hospital deve divulgar um boletim médico ao final do procedimento.

Não é a primeira vez que o narrador vai perder um jogo por problemas de saúde. Em outubro, o profissional de 69 anos não comandou as transmissões dos jogos da seleção brasileira contra Senegal e Nigéria por conta de uma gripe. 

Galvão já tinha demonstrado saúde fragil no ar também. Na primeira partida entre Grêmio e Flamengo pela samifinal da Libertadores, ele estava quase sem voz e não conseguiu narrar um dos gols. Ele chegou a pedir desculpas aos torcedores que assitiam depois da partida.

Leia o comunicado da Globo:

"Nosso companheiro Galvão Bueno teve um mal-estar hoje de manhã em Lima, onde se encontra para a narração da final da Libertadores. Ele foi levado para exames na clínica Anglo-Americana, no bairro de Miraflores, acompanhado por sua mulher Desirée Galvão Bueno. Foi atendido prontamente e está sendo submetido a um cateterismo para desobstrução de uma artéria coronariana. Todos nós desejamos ao querido Galvão uma rápida recuperação. O hospital divulgará ao término do procedimento um boletim médico. A narração da final da Libertadores será feita pelo companheiro Luis Roberto”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas