Gil do Vigor, influencer aceito por todos!

artigo
11.06.2021, 15:30:00

Gil do Vigor, influencer aceito por todos!


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Outro dia, navegando pela internet, vi um comentário um tanto quanto interessante que dizia: Gil do Vigor foi uma pessoa que conseguiu um feito, ele reuniu todas as tribos em uma só torcida.

Gil, que até janeiro desse ano era “apenas” um mestre em Economia, entrou para o BBB 21 no time pipoca mas, após quase cinco meses da estreia da edição, o economista, que deixou a competição em quarto lugar, se estabeleceu como uma celebridade, conquistando todo o país.

Fica a dúvida, o que vale mais? Ganhar um milhão e meio em um programa de TV ou ganhar o amor de seguidores de todos os nichos?

Não foi escolha dele, mas Gil se encaixa perfeitamente na segunda opção!

Com seu jeito todo especial, Gil conseguiu unir em uma mesma torcida boleiros como Gabigol e Neymar, atrizes como Ingrid Guimarães e Fernanda Paes Leme, e cantoras como Pabllo Vittar e Solange Almeida, além, é claro, dos anônimos.

Se dentro do programa Gil era entretenimento puro, fora ele é 100% influente, a ponto de agregar contratos e aparições das mais diferentes. O mesmo Gil que faz campanha publicitária do Santander, da Bis, do Boticário, do WhatsApp, das Casas Bahia, pôde ser visto na transmissão da 25ª Parada LGBTQIA+ no GNT, ressaltando a importância do evento, e ainda ter o seu bordão, “O brasil tá lascado!”, citado pelo senador Omar Aziz, na CPI da Covid.

Gil é a definição de multifacetado. Sua figura pública tornou-se algo tão grande, que virou referência para a sociedade, podendo transitar em vários meios e situações facilmente. Do entretenimento à opinião. Do conhecimento ao achismo.

Gil, agora oficialmente no instagram como @gildovigor alcançou um patamar difícil e muito almejado, ele se transformou em referência a ponto de causar mudanças. A participação de Gil no BBB gerou mudanças até na Igreja Mórmon, que agora aborda a identidade de gênero com os estudantes. Então, podemos dizer que o Gil chegou lá!

Mas lá aonde?

Gil conseguiu romper a imagem de celebridade momentânea e se transformou em um símbolo, e isso lhe assegura proteção e apoio, fazendo com que sua figura carismática seja facilmente aceita por públicos diversos, algo que é difícil de ser feito por construção midiática, sem que o personagem principal realmente tenha as características ofertadas.

Aliás, talvez esse tenha sido o diferencial de Gil, as pessoas conseguem enxergar a verdade nele, desde os gritos de indignação com algo que acontecia dentro do jogo, até aos agradecimentos pelas inúmeras formas de carinhos que ele vem recebendo.

Gil exerce posição de maior peso no espaço brasileiro de influencers, alterando as regras do jogo e as possibilidades de influência e notoriedade em novos ambientes. O personagem se faz presente nas redes, e sua simplicidade, simpatia e extroversão contagiaram o grande público, atribuindo, em sua presença, sentimentos de resistência e luta.

Os seus discursos transcendem sua posição como um influencer, transformando-o também num ativista da luta LGBTQIA+. Em sua trajetória pós-BBB, o envolvimento de Gil em temas relativos à comunidade e à LGBTQIA+fobia foi muito expressivo: recentemente, no dia 30/5, após publicações com teor homofóbico de grandes nomes do entretenimento, Gil discutiu com as personalidades e reforçou seu compromisso na luta contra a discriminação.

Gil assume seus erros, medos, falhas, cicatrizes e isso gerou nas pessoas uma empatia que se transforma em influência e, que por sua vez, é monetizada. A presença marcante e os diversos bordões, fizeram de Gil do Vigor uma pessoa que é reconhecida em sua verdade, podendo ser ao mesmo tempo um economista apaixonado pela profissão, um cristão fervoroso, um homem de língua afiada para responder aos outros e o Gil da cachorrada que o Brasil aprendeu a gostar.

É isso que que chamo de vencer na vida, Brasiiiiil!

Gil virou um ilustre querido para as pessoas, serviu entretenimento nesse momento e agora colhe os frutos de sua trajetória. A origem humilde e os atos reais, o transformaram em uma pessoa que prende a atenção e gera engajamento. Por isso, mesmo que o contrato com a Globo seja só mais uma das etapas que ele conquistou, certamente o veremos em mais e mais propagandas, entrevistas, gerando memes e engajamento.

Vale lembrar que Gil é um apaixonado pela sua profissão e defende com unhas e dentes os estudos, e que este é o único e melhor caminho para mudar uma trajetória, fazendo mães e pais por todo o país baterem palmas de pé com o conselho do vigoroso.

Gil é pop, não só por gostar das músicas de estrelas como Britney Spears, mas por ter conseguido romper barreiras sendo ele mesmo e, com isso, ser acolhido pela sociedade, perfis e marcas. Seja vendendo iogurte ou falando de economia, a imagem criada por ele segue captando atenção e jogando luz para o que ele se envolve, e não há quem possa discordar ou se dizer indignado.

Flávio Santos é CEO e cofundador da MField

Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade dos autores

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas