Gilberto celebra marcas no Bahia e exalta parceria com Rodriguinho

e.c. bahia
30.03.2021, 16:35:00
Gilberto ultrapassou Robgol e Sérgio Alves e assumiu o terceiro lugar entre os principais goleadores do Bahia no Nordestão (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Gilberto celebra marcas no Bahia e exalta parceria com Rodriguinho

Atacante chegou a 62 gols e entrou no top dos artilheiros do tricolor

A temporada 2021 começou de forma positiva para o atacante Gilberto. Principal referência do ataque tricolor, o camisa 9 tem sido letal contra as defesas adversária e ocupa o posto de principal goleador do Esquadrão.

Em cinco jogos, Gilberto balançou as redes cinco vezes e assumiu também a artilharia da Copa do Nordeste, ao lado do atacante Dellatorre, do CSA. Fora isso, o atacante vem batendo marcas individuais na história do Bahia.

No próprio Nordestão Giba chegou a 16 gols, ultrapassando nomes como Robgol e Sérgio Alves, e agora marca presença no top 3 dos maiores artilheiros do tricolor na competição - atrás apenas de Uéslei (20) e Nonato (22).

No geral, o atacante já soma 62 tentos com a camisa do Esquadrão, feito que o coloca entre os 25 maiores goleadores da história do clube. Para se ter uma ideia, ele está a apenas dois gols de distância de Charles, campeão brasileiro em 1988, que marcou 64 vezes.

"Estou feliz por fazer essa marca. Já falei várias vezes que não gosto de número, mas vira e mexe sou perguntado pelos números e acabo tendo que falar. Eu estou feliz por ajudar o grupo e o Bahia, que é o mais importante. Sobre os números, são jogadores extremamente importantes para a história do Bahia e eu fico honrado em chegar perto deles", disse Gilberto.

Um dos pontos fortes para o bom momento de Gilberto tem sido a parceria com Rodriguinho. Com o camisa 10 mais próximo da área, além dos gols o centroavante tem mostrado qualidade na construção das jogadas. Contra o Sport, o camisa 9 deu um passe açucarado para o meia. O lance foi retribuído com uma assistência na goleada sobre o Altos. 

"Rodriguinho tem uma movimentação boa, sabe segurar a bola, quando eu saio da área e ele preenche os espaços, isso é importante porque em devidos momentos por ele ter um chute de longa distância relativamente bom, eu procuro sair da área. E se ele preencher bem, eu também tenho um passe razoável e posso encontrar ele, como aconteceu contra o Sport. É conversado. O treinador pede para fazer a movimentação, a gente faz e acaba surtindo os efeitos", explicou Gilberto.

No próximo sábado (3), Gilberto e Rodriguinho vão ter a chance de reeditar a parceria já que estarão em campo contra o Fortaleza, às 16h, no Castelão, pela Copa do Nordeste.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas