Gilberto discute com torcedor: 'Estou em um time bi brasileiro'

e.c. bahia
12.05.2019, 21:39:00
Atualizado: 12.05.2019, 22:21:10
Gilberto explica a discussão que teve com um torcedor na Arena da Baixada (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Gilberto discute com torcedor: 'Estou em um time bi brasileiro'

Atacante explicou episódio na Arena da Baixada durante a derrota para o Athletico

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Durante o primeiro tempo, quando ainda estava no banco de reservas, o atacante Gilberto discutiu com um torcedor do Athletico-PR, na Arena da Baixada, e falou sobre o ocorrido após o apito final.

“Em qualquer lugar do mundo vão provocar. Às vezes tenho calma, outras não. Não gosto de quando falam que o Bahia é time de segunda divisão, que eu sou um merda. No futebol não precisa dessas coisas. Estou em uma instituição grande, um time que é bi brasileiro. Se falei algo que desrespeitou, peço desculpa. Ele recebeu a resposta que merecia”, afirmou o atacante, que entrou em campo no decorrer do segundo tempo. 

Gilberto também lamentou a derrota desse domingo (12), por 1x0, na 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, a segunda fora de casa no campeonato. "Estamos exaustos. Entrei no segundo tempo para tentar mudar o jogo. Temos que ser realistas. É trabalhar para consertar as coisas e ir fortes para o próximo jogo", finalizou o jogador.

O resultado fez o Bahia cair da 5ª para a 8ª posição na tabela do Brasileirão. O tricolor só volta a entrar em campo no próximo domingo (19), quando enfrenta o São Paulo, no estádio Morumbi, pela 5ª rodada da Série A. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas