Governo revoga licitação de jornais e revistas que excluiu 'Folha de S.Paulo'

brasil
06.12.2019, 08:59:00
Atualizado: 06.12.2019, 09:11:34

Governo revoga licitação de jornais e revistas que excluiu 'Folha de S.Paulo'

Ação do governo tinha gerado forte reação de associações de imprensa e do TCU

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governo federal revogou licitação que contrataria o fornecimento de acesso digital a jornais e revistas. O edital havia sido publicado no fim de novembro e excluía o jornal Folha de S.Paulo. O aviso de revogação do pregão eletrônico foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (6), sem maiores explicações.

Há cerca de um mês, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que determinaria o cancelamento de assinaturas do jornal em órgãos do governo federal em Brasília. A ação, no entanto, gerou forte reação de associações de imprensa e do Tribunal de Contas da União (TCU).

O edital de licitação previa a contratação de exemplares de 24 jornais e de dez revistas. Ao todo, eram previstas 438 assinaturas de jornais e 198 assinaturas de revistas. O valor global do edital era de R$ 194.393,64.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas