Grávida é internada após salvar filhos do ataque de um porco em Petrolina

brasil
02.04.2020, 10:45:30
Atualizado: 02.04.2020, 10:50:43

Grávida é internada após salvar filhos do ataque de um porco em Petrolina

Mulher entrou em luta física com o animal após ele partir para cima de dois de seus filhos, um menino de um ano e uma menina de três anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma mulher de 27 anos grávida do seu quinto filho está internada no Hospital Universitário de Petrolina, Sertão de Pernambuco, após ter sido atacada por um porco na última quinta-feira (26), que mordeu suas pernas e braços. Não há informações atualizadas sobre seu estado de saúde, mas, segundo a família da jovem, o bebê não foi afetado. As informações são da Rádio Jornal Petrolina.

Cleidiane de Souza entrou em luta física com o animal após ele partir para cima de dois de seus filhos, um menino de um ano e uma menina de três anos. As crianças, no entanto, foram levadas até o Hospital de Lagoa Grande, onde foram atendidas, medicadas e liberadas.

O incidente aconteceu na Fazenda Olho d’Água, próxima à roça Tanque, distrito de Lagoa Grande, onde Cleidiane — moradora do distrito vizinho de Sacolândia, Zona Rural de Petrolina — foi passar alguns dias na propriedade do sogro.

Amanda Pereira, prima de Cleidiane, que reside em Sacolândia, informou que a vítima já devia ter recebido alta do hospital, mas houve uma pequena complicação, que não foi especificada, e, por isso, ainda está em observação.

*O artigo original foi publicado no JC Online. Você pode vê-lo na íntegra clicando aqui

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas