Guardas controlam acesso ao Porto da Barra após mais de 80% de ocupação na areia

salvador
03.10.2021, 16:54:00
Primeiro domingo de outubro foi marcado por aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)

Guardas controlam acesso ao Porto da Barra após mais de 80% de ocupação na areia

Aglomeração fez prefeitura retomar controle de acesso às 11h do domingo

Não é notícia repetida. É mais um final de semana que o Porto da Barra, tradicional ponto turístico de Salvador, registra aglomeração e precisa da atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) para resolver a situação. Por volta das 11h30, era possível ver a faixa de areia completamente tomada por banhistas, alguns debaixo de guarda-sóis azuis e brancos, outros aproveitando o ‘sol quente’ de 29ºC para 'pegar um bronze'.  

Com exceção dos vendedores ambulantes, foi difícil encontrar alguém que usasse máscara. Na parte da orla, outras pessoas tentavam de qualquer jeito acessar a praia, o que também formou uma certa aglomeração misturada com as pessoas que faziam exercícios físicos. A GCM se fez presente no local a partir das 11h para organizar a fila.  

“Desde 11h, a Praia do Porto está com acesso controlado por causa do volume de pessoas que estão acessando a região. O local segue controlado. É a única praia que está tendo controle de acesso”, disse o órgão. Segundo eles, o momento em que a GCM entende que é a hora de iniciar o controle é baseado na faixa de areia da praia.  

“Tudo se baseia na faixa de areia, o que varia de acordo com a tábua da maré. Essa estimativa é feita visualmente, quando, aproximadamente, 80% da faixa de areia está comprometida. Não contabilizamos a quantidade de pessoas na praia. O impacto acaba sendo visual, por causa da variação da maré”, explica.  

Aglomeração no Porto da Barra
Aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)
Aglomeração no Porto da Barra
Aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)
Aglomeração no Porto da Barra
Aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)
Aglomeração no Porto da Barra
Aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)
Aglomeração no Porto da Barra
Aglomeração no Porto da Barra (Arisson Marinho/CORREIO)

Para fugir dessas aglomerações, quem é apaixonado pelo Porto da Barra só frequenta o local em horários específicos, quando sabe que vai encontrar a praia vazia. Esse é o caso do fotógrafo Edson Magoolín, 51 anos. Hoje ele esteve no Porto da Barra às 7h e saiu de lá às 9h, quando a situação ainda estava tranquila.  

“Eu fui treinar natação. No período que fiquei, estava tudo tranquilo. Moro em Jardim Armação, mas treino no Porto da Barra às sextas-feiras e às vezes aos domingos. Tem alguns grupos que costumam nadar lá esses dias. Normalmente, começamos cedo e finalizamos ainda com a praia calma e com pouca aglomeração”, relata.  

A boa notícia é que, até às 16h desse domingo, a Policia Militar não tinha registrado nenhuma ocorrência grave na Barra. Apenas motos estacionadas em local não permitido estão sendo autuadas e removidas. “Estamos fazendo uma operação conjunta com policiais do esquadrão Águia e agentes da Transalvador no Porto da Barra para manter a paz e segurança. Abordamos pessoas e veículos, identificando quem está em situação de irregularidade. A operação começou agora, às 16h”, disse o major Uldinei Carlos. 

Operação realizada na tarde de domingo no Porto da Barra (Foto: divulgação)

A Associação de Moradores e Amigos da Barra (Amabarra) foi procurada, mas não respondeu até o fechamento do texto.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas