Gustavo comemora volta ao Bahia e diz que viveu perrengue na Coreia

e.c. bahia
15.01.2021, 15:10:00
Atualizado: 15.01.2021, 15:12:31
Gustavo voltou ao Bahia após ser vendido para o futebol asiático (Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia)

Gustavo comemora volta ao Bahia e diz que viveu perrengue na Coreia

Atacante vai compor time de transição na disputa do Campeonato Baiano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A passagem de Gustavo pelo futebol da Coreia do Sul foi rápida. Negociado pelo Bahia ao Incheon United, em julho do ano passado, por R$ 2,2 milhões, o atacante está de volta ao tricolor apenas seis meses depois.

Gustavo vai compor, mais uma vez, a equipe de aspirantes que se prepara para a disputa do Campeonato Baiano. Durante entrevista na Cidade Tricolor, ele explicou os "perrengues" que passou no país asiático e os motivos que o fizeram voltar ao Esquadrão.

"Período meio conturbado, passei uns perrengues na Coreia. Fui contratado até por um valor bom para o clube na época, e eu também estava querendo formar minha vida financeiramente. Mas não deu certo. Cheguei lá, o diretor que me pediu foi mandado embora na primeira semana. Foi um Deus nos acuda. O treinador que chegou não queria me utilizar de nenhum jeito. Eles não sabem nem onde sou bom porque eu não joguei, não tive oportunidade de mostrar o que estava demonstrando aqui", explicou ele.

"Tive outras coisas, mas preferi ficar aqui porque gosto da cidade, do clube, tenho amigos aqui. O clube abriu as portas. O Bahia sem o Gustavo seria o mesmo clube, mas o Gustavo sem o Bahia não seria o que sou hoje. Tenho gratidão pelo clube, amor. Criei carinho que não tive por outro clube. Me sinto bem", continuou o atacante.

Quando deixou o Bahia, antes da retomada do futebol, Gustavo estava integrado ao time profissional. Nesse retorno, ele não poderá ajudar a equipe de Dado Cavalcanti na luta contra o rebaixamento, já que as inscrições para o Brasileirão estão encerradas.

O primeiro compromisso oficial da equipe sub-23 em 2021 será no Campeonato Baiano. A estreia no estadual está marcada para o dia 21 de fevereiro, contra a Juazeirense, na Fonte Nova.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas