Homem armado invade Ufba e tenta levar carro de professor

salvador
28.04.2022, 14:45:00
(Arisson Marinho/CORREIO)

Homem armado invade Ufba e tenta levar carro de professor

Seguranças da Universidade impediram a fuga; ninguém ficou ferido

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) foi palco de uma tentativa de assalto na manhã desta quinta-feira (28). Um homem armado adentrou o campus de Ondina, onde tentou levar o carro de um professor da Universidade. Ninguém ficou ferido.

De acordo com nota da instituição, o professor acionou a segurança quando percebeu que seu veículo havia sido invadido. O guarda entrou em contato com a portaria principal, através de rádio comunicador, e os portões foram fechados. Impedido de sair de carro, o assaltante abandonou o veículo, assim como os pertences da vítima, e fugiu a pé.

Um dos alunos que esteve presente no momento relata que a situação aconteceu no estacionamento em frente à Faculdade de Comunicação, ao lado da Biblioteca Central, por volta das 7h20.

Leia mais: Tiroteio na Ufba: homens armados fizeram funcionários reféns

                  Ufba reforça medidas de segurança após episódios de assaltos e tiroteio

"Eu estava amarrando meu cadarço, e quando levantei a cabeça, tinha um homem assaltando o professor. Saí correndo em direção à Biblioteca para ficar distante da situação, e só voltei quando o cara arrancou com o carro. Depois, soube que ele abandonou o carro e fugiu a pé", conta Márcio Smith.

Os seguranças não tentaram impedir a fuga, uma vez que o suspeito estava armado. A Polícia Militar foi acionada e chegou a perseguir o assaltante no local. Imagens do sistema de vigilância eletrônica da universidade foram encaminhados à Polícia.

A UFBA solicitou à Polícia Militar a intensificação do patrulhamento no entorno dos campi e garantiu que foi atendida, com o policiamento ostensivo nas entradas e saídas dos campi, e durante a noite.

"Esta reação é consequência do conjunto de ações que a Reitoria da UFBA determinou, visando a proteger seu espaço físico da escalada de violência que aflige a sociedade baiana e brasileira, em função da grave crise social que o país atravessa", diz nota.

As medidas tomadas pela Universidade incluem a intensificação de rondas internas com motos, o reforço das equipes de vigilância até o limite permitido nos contratos, e o incremento do sistema de câmeras de vigilância.

De acordo com a instituição, outra ação imediata foi o redirecionamento do trabalho dos mutirões de manutenção da Universidade à recuperação da iluminação das fachadas, entornos e vias de acesso aos prédios, e ao reparo de grades, limpeza e poda de áreas verdes dos campi.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas