Homem é preso horas após roubar farmácia no Rio Vermelho

salvador
28.06.2022, 11:17:43
(Reprodução)

Homem é preso horas após roubar farmácia no Rio Vermelho

Crime aconteceu durante a madrugada, na Rua Fonte do Boi

Um homem foi preso após roubar uma farmácia na Rua Fonte do Boi, no Rio Vermelho, na madrugada dessa segunda-feira (27). As câmeras registraram o momento do assalto. 

Ele quebra a grade que protegia a farmácia e pula dentro do estabelecimento. Então, ele obriga os funcionários a ficarem trancados no depósito da farmácia.

"Ele arrancou a grade do estabelecimento, pulou, entrou e prendeu um funcionário dentro do banheiro. Depois disso, roubou o dinheiro do caixa. O suspeito, que estava bem violento, aparentando inclusive estar sob o efeito de entorpecentes, já estava sem o material roubado quando foi encontrado", detalhou a comandante da 12ª CIPM, major Erica Patricia.

O assalto aconteceu durante a madrugada, e ele foi preso durante a tarde. Segundo a Polícia Militar, uma equipe da 12ª CIPM o criminoso nas proximidades de um hotel e fez uma abordagem. 

O homem foi apresentado na 7ª delegacia, onde o proprietário do estabelecimento comercial também esteve presente e reconheceu o autor do crime.

Ainda segundo a polícia, ele já possuía outras duas passagens por roubo a transeuntes, segundo informou o titular da 7ª DT, delegado Nilton Borba. "Trata-se de um usuário de entorpecentes que vive em situação de rua devido a contração de dívidas por drogas, no bairro do Nordeste. Solicitamos a prisão preventiva dele devido ao fato dele ter sido encontrado desarmado e sem os R$ 141 que havia levado da farmácia", concluiu o delegado.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas