Homem que tinha suspeita de coronavírus na Bahia é diagnosticado com Influenza A

bahia
29.01.2020, 16:13:00
Atualizado: 29.01.2020, 16:51:11

Homem que tinha suspeita de coronavírus na Bahia é diagnosticado com Influenza A

Paciente é japonês e visitou sua cidade natal recentemente

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O homem que deu entrada no Hospital Couto Maia, em Salvador, com suspeita inicial de coronavírus, foi diagnosticado com Influenza A. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (29), pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab).

De acordo com a pasta, a doença foi confirmada após passar por uma série de análises laboratoriais feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

O paciente é um cidadão japonês que vive no distrito de Irundiara, na cidade de Jacaraci. Recentemente, ele voltou do seu país de origem, que tem quatro casos oficiais da doença. Ele visitou o Japão, com escala nos Estados Unidos, e veio para a Bahia.

O homem, que não teve sua idade divulgada, deu entrada no Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, em Jacaraci, durante esta madrugada e foi transferido para Salvador.

Mais cedo, a Sesab informou que o caso não se enquadrava nos parâmetros colocados pelo Ministério da Saúde, com base nos protocolos internacionais da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a doença.


Antes do diagnóstico ser feito, a prefeitura municipal de Jacaraci informou que o paciente era suspeito de infecção pelo vírus 2019-nCov e foi atendido e mantido em isolamento no Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição.

"O caso em questão se trata de um indivíduo que chegou do Japão no sábado (25 de janeiro de 2020) e apresentou sintomas da Síndrome Respiratória Aguda. Ressaltamos, que o paciente é japonês, não esteve na China, mas teve contato com chineses durante o voo que o trouxe ao Brasil, motivo pelo qual o serviço de saúde municipal emitiu uma notificação epidemiológica", disse a prefeitura.

A prefeitura destacou ainda na nota que "todas as providências recomendadas pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, bem como da OMS – Organização Mundial de Saúde, foram tomadas de forma imediata pela equipe de saúde do município".

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

•    evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
•    realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
•    utilizar lenço descartável para higiene nasal;
•    cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
•    evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
•    higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
•    não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
•    manter os ambientes bem ventilados;
•    evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
•    evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
•    profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas