Homem sofre ereção de quatro horas por conta do coronavírus

em alta
01.07.2020, 21:22:53
Atualizado: 01.07.2020, 21:30:53

Homem sofre ereção de quatro horas por conta do coronavírus

A covid-19 tem causado coágulos nos pacientes, conforme detalharam médicos na revista científica The American Journal of Emergency Medicine

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um homem, de 62 anos, que estava internado com coronavírus no Centro Hospitalar de Versailles, em Le Chesnay, França, teve um ereção de quatro horas por conta da doença. Isso porque, segundo os médicos, a Covid-19 tem causado coágulos nos pacientes, conforme detalharam na revista científica The American Journal of Emergency Medicine.

Segundo os especialistas, eles ainda estão confusos sobre o motivo dos pacientes com Covid-19 terem coágulos de sangue. Alguns dizem que o vírus está causando alguma alteração no sangue. Um outro pensamento afirma que a doença tem afetado o sistema imunológico, que forma coágulos, e eles passam por uma variedade de caminhos.

De acordo com a médica Myriam Lamamri, que assina o documento, essa foi a primeira vez que uma trombose peniana foi diagnosticada em um paciente com Covid-19. Quando o paciente chegou ao hospital com todos os sintomas, apresentou ainda falha respiratória. Um exame posterior mostrou o priapismo.

Ao contrário do priapismo por algum tipo de dano ao membro, o do paciente foi causado pelo sangue ficar preso nos corpos cavernosos. Um bolsa de gelo foi colocada no pênis e, quatro horas depois, os médicos conseguiram sugar o sangue. No líquido, foram encontrados coágulos escuros, que, segundo os especialistas, foi causado pelo coronavírus.

Os médicos injetaram drogas para normalizar o sistema nervoso e deram medicamentos para prevenir os coágulos. O paciente conseguiu se recuperar da Covid-19 e não teve mais priapismo, segundo o artigo da revista científica.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas