Hypermarcas tem prejuízo de R$ 212,5 milhões no 4ºtri/16

economia
18.02.2017, 15:06:00
Atualizado: 18.02.2017, 15:09:19

Hypermarcas tem prejuízo de R$ 212,5 milhões no 4ºtri/16

Empresa reverteu lucro de R$ 283 milhões apurado no mesmo período do ano anterior No acumulado do ano, o lucro da fabricante de medicamentos foi de R$ 1,174 bilhão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Hypermarcas apurou prejuízo líquido de R$ 212,5 milhões no quarto trimestre de 2016, revertendo um lucro de R$ 283 milhões apurado no mesmo período do ano anterior No acumulado do ano, entretanto, o lucro da fabricante de medicamentos foi de R$ 1,174 bilhão, mais que o dobro dos R$ 559,9 milhões apurados em 2015.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas da companhia somou R$ 262,4 milhões entre outubro e dezembro de 2016, o que representa um crescimento de 27,6% ante iguais meses de 2015. Em 2016, o Ebitda somou R$ 1,133 bilhão, expansão de 19,2% em relação ao ano anterior. O número não considera negócios vendidos e em processo de venda, os quais a empresa passou a reportar como operações descontinuadas.

A receita líquida da companhia, que também considera apenas as operações continuadas, foi de R$ 843,3 milhões no trimestre, expansão de 11,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em doze meses, a receita atingiu R$ 3,288 bilhões, aumento de 11,2% frente aos 12 meses anteriores.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas de R$ 262,4 milhões reportado pela Hypermarcas para o quarto trimestre de 2016 ficou em linha com estimativas do mercado. A média das projeções de cinco instituições financeiras consultadas pelo Broadcast (BTG Pactual, Goldman Sachs, Itaú BBA, Morgan Stanley e Santander) apontava para um Ebitda de R$ 254,2 milhões.

O número não considera negócios vendidos e em processo de venda, os quais a empresa passou a reportar como operações descontinuadas.

Para o resultado líquido, não houve consenso entre analistas. A Hypermarcas reportou prejuízo de R$ 212,5 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo lucro líquido de R$ 283,0 em igual trimestre de 2015.

A receita líquida de R$ 843,3 milhões no quarto trimestre de 2016 da Hypermarcas também ficou em linha com o esperado. As estimativas apontavam para receita de R$ 837 milhões.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas