Idoso morre atropelado na Sete Portas

salvador
02.09.2017, 11:27:00
Atualizado: 02.09.2017, 11:29:45

Idoso morre atropelado na Sete Portas

Segundo testemunha, ele teria tropeçado e acabou sendo atingindo por um carro que passava na hora. Condutor do veículo fugiu sem prestar atendimento à vítima

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um idoso de 62 anos, que não teve a identidade divulgada, morreu após ser atropelado, na manhã deste sábado (2), no bairro da Sete Portas. O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado, houve uma tentativa de reanimar a vítima,  mas ela não resistiu aos ferimentos. Testemunhas informaram à Polícia Militar que um veículo modelo Palio azul atropelou o homem e não parou para prestar socorro à vítima.

Em nota, a Polícia Militar informou que, de acordo com informações da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Barbalho), uma equipe foi acionada para atender a uma ocorrência de atropelamento nas proximidades da ladeira dos Bandeirantes. "A PM isolou o local e acionou a perícia técnica para proceder com a remoção do corpo".

De acordo com um comerciante que tem uma barraca de lanches no Largo das Sete Portas, e pediu para não ser identificado, o senhor atravessou a via e, quando já estava no canteiro central da pista, tropeçou. Ainda de acordo com o comerciante, um carro que vinha logo atrás atingiu a cabeça da vítima que estava caindo no momento do impacto.   

Segundo o comerciante, o motorista do carro não prestou socorro à vítima. "Ele nem estava errado, talvez tenha sido pelo susto. A irmã do senhor chegou logo depois e disse que ele estava voltando da feira e que ele morava no bairro de Matatu de Brotas", acrescentou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas