Ifood e escola de tecnologia oferecem bolsas para curso de programação em Salvador

salvador
17.04.2021, 09:46:00
Atualizado: 17.04.2021, 09:46:55
(Foto: Divulgação)

Ifood e escola de tecnologia oferecem bolsas para curso de programação em Salvador

Ao todo, serão 120 bolsas; inscrições estão abertas até o dia 30 de abril

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Interessados por programação podem se inscrever para concorrer, gratuitamente, a uma das 120 bolsas integrais do curso Programação do Zero. O projeto é promovido pelo iFood em parceria com a escola de tecnologia Cubos Academy e deve reservar 15% das bolsas para moradores de Salvador, sede da escola. 

As inscrições para a primeira etapa do processo seletivo já estão abertas e seguem até o dia 30 deste mês. Para concorrer às bolsas, é preciso ter renda familiar per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo. Além disso, no mínimo 50% das bolsas serão destinadas a mulheres, 50% a pessoas negras, 30% a parceiros iFood (entregadores, donos ou funcionários de restaurantes). Pessoas trans, PCDs e/ou que estejam cursando ou tenham concluído o ensino médio em escolas públicas também terão prioridade na seleção. 

De acordo com os organizadores, o programa é uma das iniciativas promovidas com intuito de levar educação para 10 milhões de pessoas no Brasil até 2026. Desse total, 25 mil pessoas devem ser beneficiadas somente na área de tecnologia. A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, também apoia o projeto.

O objetivo, segundo o iFood, é formar pessoas que não teriam acesso à educação em tecnologia e conectá-las com a demanda do mercado de trabalho. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o mercado forma menos profissionais do que contrata e, por isso, deve enfrentar um déficit de 264 mil talentos nos próximos anos. 

"Nós acreditamos que a educação é fundamental para que grandes mudanças aconteçam na sociedade. Por isso, estamos felizes em somar forças com o iFood em prol desse propósito e dispostos a realizar parcerias com outras empresas", diz o CEO da Cubos Academy, José Messias Junior.  

O curso é online, ao vivo e tem duração de 25 semanas. Não é necessário ter conhecimento prévio em programação. Ao final, os estudantes se tornarão Desenvolvedores de Software Júnior, com conhecimentos em front e back-end. Se o estudante estiver desempregado ao término da formação, ainda poderá atuar na Residência de Software da Cubos Academy para capacitar recém-formados. 

Para se inscrever, clique aqui

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas