INSS é condenado a pagar salário-maternidade à mulher demitida durante gravidez

brasil
01.12.2019, 10:08:30
Atualizado: 01.12.2019, 10:40:26

INSS é condenado a pagar salário-maternidade à mulher demitida durante gravidez

Benefício foi negado três semanas após o nascimento da criança

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


A 6.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) confirmou sentença que determinou que o INSS pague salário-maternidade a uma segurada do município gaúcho de Três de Maio que foi demitida da empresa onde trabalhava quando estava grávida. No entendimento unânime do colegiado, o fato de o empregador ter descumprido a Constituição Federal ao demitir a gestante sem justa causa 'não afasta a obrigação do INSS de conceder o benefício à segurada'.

A mulher ajuizou a ação requerendo a concessão do salário-maternidade depois de ter um requerimento administrativo negado pelo INSS em abril de 2016, três semanas após o nascimento da criança.

Ela havia sido desligada de seu emprego durante o segundo mês de gestação. A 2.ª Vara Judicial da Comarca de Santo Augusto (RS) julgou o pedido da autora procedente e condenou o INSS a pagar o salário-maternidade.

O instituto previdenciário apelou ao tribunal alegando que 'a responsabilidade pelo pagamento do benefício seria da empresa, que descumpriu a estabilidade prevista para gestantes no artigo 10, inciso II, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) da Constituição Federal'.

A 6.ª Turma do TRF-4 negou por unanimidade o recurso e manteve a determinação para que o INSS pague o benefício com juros e correção monetária.

O relator do caso, juiz federal convocado para atuar no TRF-4 Julio Guilherme Berezoski Schattschneider, destacou em seu voto que mesmo que seja atribuição da empresa pagar o salário-maternidade, a responsabilidade final de garantir a assistência à segurada é do INSS.

Schattschneider ressaltou que é assegurado o direito do empregador de 'compensar os valores, ou seja, realizar posterior acerto com o ente previdenciário'.

"A segurada não pode ser penalizada com a negativa do benefício previdenciário, que lhe é devido, pelo fato de ter sido indevidamente dispensada do trabalho", destacou o magistrado.

O salário-maternidade visa substituir a remuneração da segurada da Previdência Social em virtude de nascimento de filho, adoção ou guarda judicial de criança.

O benefício será pago por 4 meses a quem comprovar o nascimento do filho e a condição de segurado da Previdência, com início no período entre 28 dias antes do parto e a data de ocorrência deste.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mestre-lourimbau-e-localizado-e-esta-internado-em-hospital-no-pau-miudo/
Parentes e artistas fizeram campanha para encontrar berimbalista de 72 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nissan-frontier-conquista-pelo-conforto-a-bordo/
Jornalista rodou pela Bahia com a cabine dupla com motor biturbo a diesel. Assista ao vídeo com as impressões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/paulo-vieira-nao-cansa-de-fazer-rir/
Humorista já fez cinco programas na Globo, incluindo o Fantástico e vai estrear programa no Globoplay
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/live-discute-cobertura-e-influencia-da-imprensa-na-guerra-da-independencia/
Assista à live-aula especial sobre o Dois de Julho com Nelson Cadena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/neto-ocupacao-em-84-eu-abro-tudo-colapsa-o-sistema-e-o-culpado-vai-ser-quem/
Prefeito de Salvador diz que manterá restrições para preservar vidas e garante não temer pressões: ‘Só vamos abrir o comércio quando for possível’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/whatsapp-anuncia-figurinhas-animadas-e-video-chamadas-com-ate-8-pessoas/
Modo escuro também está entre as novidades; veja vídeo e saiba mais detalhes
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/imprensa-e-dois-de-julho-sera-tema-de-segunda-live-do-correio-sobre-independencia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-madrugada-de-terror-pm-instala-base-movel-em-sussuarana/
Base vai funcionar 24 horas com 60 policiais; Nordeste de Amaralina e Engenho Velho da Federação também terão
Ler Mais