João Paulo explica experiência como gerente e indica perfil de atleta que quer no Bahia

e.c. bahia
10.01.2022, 17:46:00
João Paulo Sanches revelou participação na contratação do volante Willian Maranhão (Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia)

João Paulo explica experiência como gerente e indica perfil de atleta que quer no Bahia

Novo gerente de futebol foi apresentado nesta segunda-feira (10)

A 'era' João Paulo Sanches começou oficialmente no Bahia. Novo gerente de futebol do tricolor, o dirigente iniciou os trabalhos nesta segunda-feira (10). Pela manhã, João Paulo teve o primeiro contato com o elenco e a comissão técnica e acompanhou o treino das equipes principal e transição. Já no turno da tarde o gestor foi oficialmente apresentado para a imprensa. 

Questionado sobre o que o torcedor pode esperar do seu trabalho, João Paulo ressaltou o conhecimento que possui na Série B. Ele conquistou o acesso à Série A com o Atlético-GO em 2016, sendo campeão da segunda divisão. Agora, espera repetir o sucesso no Bahia.  

"Sou um profissional de muita entrega, dedicação, conhecedor da competição, um conhecedor de todos os desafios que o Bahia precisa transpor nesse ano de 2022. Tudo isso com muito trabalho, leitura, discernimento e coletividade", disse ele. 

No Esquadrão, João Paulo Sanches chega para ocupar o posto que era de Júnior Chávare, demitido um dia após a confirmação do rebaixamento para a Série B. Além de gerenciar o elenco no dia a dia, ele terá a missão de montar o grupo que vai disputar as competições em 2022. A tendência é de que um outro profissional seja contratado para dividir os trabalhos. 

Apesar de nunca ter exercido a função de gerente de futebol em outras equipes, ele conta que na prática o trabalho não vai ser diferente do que ele já desempenhou nos clubes por onde passou. Na Ponte Preta e Atlético-GO, João Paulo ocupava o cargo de auxiliar técnico fixo. 

"Se nós falarmos nessa função de gerência e mensurar gerência como leitura de mercado, conhecimento de atletas, feeling de dia a dia de jogadores, eu venho atuando nessa função desde 2012. Então, estamos falando de dez anos. Temos a expectativa de fomentar isso em todas as equipes que a gente passa, seja na Série A ou na Série B", iniciou ele. 

"A função não é uma novidade na minha carreira, ela se aproxima muito do que eu fiz nos últimos 11 anos, 12 anos, tirando algumas possibilidades que eu vim executando como treinador. O que muda é a nomenclatura, mas o executar é muito parecido com o que eu fiz nos clubes pelos quais passei", completou.

Diferente do que muitos tricolores esperavam, o Bahia tem agido de forma tímida no mercado. Até o momento, o clube fez apenas cinco contratações. Por sinal, a chegada do último reforço contou com a participação de João Paulo Sanches. Ele revelou que teve uma conversa com o volante Willian Maranhão. Os dois trabalharam juntos nos últimos dois anos no Atlético-GO. 

De acordo com o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, a ideia é a de primeiro reduzir o atual elenco para só então fazer as contratações. Independente do momento em que novos atletas vão chegar ao clube, o novo gerente tem em mente o perfil de jogador que quer no Esquadrão. 

“Cada clube tem a sua característica, a sua identidade, o seu tamanho. O Bahia é muito forte por si só, tem a sua tradição. Nossa ideia é procurar sempre, com muito respeito internamente, nos fortalecer de atletas que tenham fome, atletas que querem vestir a camisa do Bahia, que dentro de campo precisam fazer muito mais pois o Bahia merece”, analisou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas