Jogadores do Bahia fazem homenagem a Seu Adherbal antes de treino

e.c. bahia
25.07.2019, 16:54:00
Jogadores se reuniram no centro do campo para prestar homenagem a Seu Adherbal (Foto: Divulgação/EC Bahia)

Jogadores do Bahia fazem homenagem a Seu Adherbal antes de treino

Técnico Roger Machado prestou condolências e lembrou da relação com o funcionário símbolo

O dia começou mais triste no Bahia com a notícia da morte de Seu Adherbal, funcionário símbolo do clube que faleceu na madrugada desta quinta-feira (25), aos 82 anos, vítima de um câncer que enfrentava há 17 anos. Antes do treino, no Fazendão. Os jogadores se reuniram no gramado e fizeram uma homenagem ao ex-funcionário e xodó do clube. Apesar da pouca convivência, o técnico Roger Machado lembrou com carinho de Seu Adherbal e falou sobre os ensinamentos que ele deixou. 

"Bastante triste para o clube a notícia do falecimento do seu Adherbal. A minha convivência com ele foi curta, mas foi intensa. No primeiro ou segundo dia que aqui cheguei eu fui convidado pelo seu Adherbal para uma missa na nossa capela e tenho certeza que foi a melhor recepção que eu recebi na chegada de um clube, de um funcionário, de um tricolor que deu a sua vida inteira, a sua energia para o clube. Todas as homenagens nesse dia serão insuficientes para homenageá-lo. Que ele possa ter um descanso em paz e que Deus conforte o coração dos familiares", disse Roger.

Roger lembrou ainda a homenagem que os jogadores fizeram a Seu Adherbal durante a final do Campeonato Baiano deste ano. Para o treinador, a gora, a melhor forma de seguir homenageando o funcionário símbolo é continuar trabalhando duro para colocar o Bahia em um outro patamar. Neste domingo (28), o tricolor entra em campo contra a Chapecoense, em Chapecó-SC, pelo Campeonato Brasileiro.

"No dia a dia quem vai chegando vai tendo construída a história do clube por aqueles que estão aqui. Gradativamente a figura do Seu Adherbal foi se materializando na sua presença dentro do clube, na sua atitude sempre de otimismo em relação ao seu problema, ao futuro do clube, à conquista do título... Quando as homenagens são feitas em vida elas valem muito mais e aquela homenagem ao Seu Adherbal em levantar a taça, tenho certeza que ela é extremamente significativa para a história do clube, para as gerações futuras entenderem a história do clube, um profissional dedicando tanto anos, como o seu Adherbal dedicou, merece a homenagem", afirmou o treinador.

"Eu tenho certeza que o seu Adherbal estivesse entre nós o que ele mais gostaria é de que a gente continuasse batalhando e buscando o melhor para o clube. Acho que a maior homenagem que podemos oferecer neste momento é justamente seguir trabalhando forte e construindo a grandeza do Bahia. Sempre nos momentos em que ele se sentia minimamente bem ele estava presente no nosso dia a dia. Com o seu sorriso, otimismo, palavra de esperança, e trabalhando, fazendo pelo Bahia o que ele sabia fazer de melhor. A gente se entristece, as homenagens são justas, mas se ele estivesse entre nós eu tenho certeza que ele gostaria que gente continuasse buscando o melhor para o clube", continuou Roger.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas