Jogadores exaltam espírito aguerrido em triunfo sobre o Botafogo

e.c. bahia
20.10.2018, 18:23:00
Nilton lutou bastante durante a partida no Engenhão (Fotos - Vitor Silva / SS Press / BFR)

Jogadores exaltam espírito aguerrido em triunfo sobre o Botafogo

Nilton, Léo e Edigar destacaram o empenho do grupo na partida

Dois triunfos consecutivos na Série A, o segundo fora de casa. Os jogadores do Bahia mostraram toda a satisfação após o 1x0 sobre o Botafogo no Engenhão e ainda que não tenha sido combinado, unificaram o discurso. 

"É importante demais. A gente vai distanciando cada vez mais da zona e vamos começando a pensar em outro patamar. Muita gente elogiando e a gente se cobrando que jogava bem e não conseguia vencer. A gente tinha que fazer isso, ser aguerrido demais, jogar bem e vencer. Ficamos contentes por muitos estarem falando bem do nosso time e a gente tava se cobrando muito. Graças a Deus, conseguimos o triunfo", disse Léo Pelé, exaltando a luta do time, assim como fez Nilton.

"Tenho que enaltecer a nossa determinação e nosso espírito. Faltava o detalhe e conseguimos encontrar esse detalhe que estava nos fazendo perder. Estamos mais consistentes, sem sofrer tanto e causando perigo. É o que eu digo, temos que marcar como time pequeno e atacar como time grande. Conseguimos colocar essa luta e determinação que tava faltando. Desde o jogo contra o Grêmio. Aquele empate foi uma vitória e hoje, sim, posso concretizar que foram três pontos pra nossa conta", avaliou o capitão tricolor.

Autor do gol, Edigar Junio foi pelo mesmo caminho. "(Tenho que) Exaltar o grupo. Temos um grupo muito forte e mais uma vez mostramos isso. Estamos vivos na luta do Brasileiro e temos que manter os pés no chão, pois tem muita coisa pra acontecer. Agora é comemorar que a gente merece", disse o camisa 11.

Nilton destacou também a importância da torcida para o jogo de ida das quartas de final da Sul-Americana contra o Atlético Paranaense, quarta-feira (24), às 21h45, na Fonte Nova. "Isso aqui não é só amizade, é uma família. Estamos colocando esse laço de sangue dentro de campo, correndo um pelo outro e com o Atlético em casa não vai ser diferente, contando com nosso 12º jogador que é torcedor", finalizou.    
 
 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas