Jornalista americano é suspenso após se masturbar em reunião no Zoom

em alta
19.10.2020, 18:50:09
Atualizado: 19.10.2020, 20:04:51
(Foto: Reprodução / Shutterstock)

Jornalista americano é suspenso após se masturbar em reunião no Zoom

Jefrey Toobin disse que não percebeu que sua câmera estava ligada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O jornalista Jefrey Toobin foi suspenso pela prestigiada revista norte-americana The New Yorker após se masturbar durante uma chamada de vídeo entre membros da revista e da rádio WNYC semana passada. O repórter disse que não percebeu que sua câmera estava aberta.

“Cometi um erro embaraçosamente estúpido, acreditando que estava fora das câmeras. Peço desculpas à minha esposa, família, amigos e colegas de trabalho ”, disse Toobin ao jornal Motherboard.

“Achei que não era visível no Zoom. Achei que ninguém na chamada do Zoom pudesse me ver. Pensei ter silenciado o vídeo do Zoom ”, acrescentou.

Veja também:
Casal aparece fazendo sexo em reunião da Câmara sobre merenda escolar​​​​​​​

Duas pessoas que estavam na ligação disseram que a ligação era uma simulação de eleição presidencial dos Estados Unidos. As testemunhas disseram que viram Toobing se masturbando, de acordo com a Vice.

Elas disseram que parecia que Toobin estava em uma segunda chamada de vídeo. As fontes também relataram que quando os grupos voltaram de suas salas de descanso, Toobin baixou a câmera. As pessoas na ligação disseram que podiam ver Toobin tocando seu pênis. O jornalista então deixou a ligação. Momentos depois, ele ligou de volta, aparentemente sem saber o que seus colegas puderam ver, e a simulação continuou.

A porta-voz da New Yorker, Natalie Raabe, disse: “Jeffrey Toobin foi suspenso enquanto investigamos o assunto”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas