Jovem coloca fogo nas roupas e tenta matar ex-namorado a facadas

brasil
11.08.2021, 16:11:00
(Arquivo Pessoa/Divulgação/Polícia Civil)

Jovem coloca fogo nas roupas e tenta matar ex-namorado a facadas

Crime aconteceu em Curitiba; suspeita alegou legítima defesa

Após o fim do namoro, uma jovem de 22 anos, identificada como Bruna Soares, tentou matar o ex-namorado (23) com golpes de faca. Ela se apresentou nesta terça-feira (10) à Polícia Civil, em Curitiba (PR), para responder pela tentativa de homicídio.

Segundo o inquérito policial, Bruna não aceitou o fim do relacionamento que durou seis meses e, por isso, usou uma cópia da chave da casa do ex e o aguardou  escondida. Ao chegar, a vítima foi recebida com facadas. Os golpes, no entanto, causaram apenas ferimentos leves. O crime ocorreu na quinta (5), no bairro Sítio Cercado.

A polícia ainda revelou que a suspeita espalhou óleo diesel pelo quarto e ateou fogo, destruindo parte do cômodo, roupas e cuecas. O incêndio foi controlado pela vítima, que recebeu atendimento médico e passa bem.

A suspeita se apresentou no 10º Distrito Policial de Curitiba na companhia de um advogado, após expirar o prazo de prisão em flagrante, e registrou em depoimento que agiu em legítima defesa por ter sido agredida pelo ex-namorado.

"Ela alegou que foi em legítima defesa porque foi agredida pelo ex-namorado. Não apresentou provas, mas apontou uma testemunha que confirmaria isso. A suspeita sempre tinha essa relação possessiva. A história parece meio confusa porque fala em legítima defesa, mas foi ela que entrou na casa. Essa testemunha pode esclarecer", disse o titular da unidade.

Ela foi ouvida e liberada. Bruna responde o caso em liberdade, podendo ser indiciada por tentativa de homicídio. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas