Jovem é vítima de feminicídio em Águas Claras: 'Queremos justiça'

salvador
12.04.2021, 12:49:00

Jovem é vítima de feminicídio em Águas Claras: 'Queremos justiça'

Marido está foragido
Foto: Acervo Pessoal

Uma jovem de 23 anos foi assassinada na noite deste sábado (10), no bairro de Águas Claras, em Salvador. De acordo com as polícias Civil e Militar, o marido da vítima, identificado como Tarcísio Ferreira, é o principal suspeito do feminicídio.

Segundo a família, Mayara Soares dos Santos estava voltando para casa ao lado de Tarcísio quando os dois começaram a discutir. Durante a briga, o homem sacou a arma e efetuou os disparos.

Mayara foi resgatada e chegou ao hospital ainda com vida. No entanto, às 02h43, a morte dela foi confirmada.

De acordo com a tia da vítima, Mônica Soares dos Santos, 41, as brigas entre Tarcísio e Mayara eram recorrentes. Por diversas vezes ele a agredia com socos e chegava a sacar a arma para ameaçá-la.

"A gente da família não aceitava esse relacionamento. Já vimos ele sacar a arma para ameaçá-la na frente de todos. Ela mesmo já vinha tentando terminar o namoro, porém não conseguia por conta da violência praticada por ele", lembra a tia da jovem.

O casal estava junto há mais de dois anos e tinha uma filha de 1 ano e 5 meses. "O bebê está na casa da bisavó e não para de chorar, fica perguntando pela mãe toda hora", revela.

De acordo com a tia, Mayara era uma menina alegre e querida por todos do bairro. "Está todo mundo abalado. Minha mãe está devastada. E a gente só quer justiça, que esse homem pague pelo que fez", clama a tia.

De acordo com a Polícia Civil, incursões estão sendo feitas para localizar o suspeito do crime. Já a Polícia Militar informou que foi acionada por volta das 23h de sábado e que realizou buscas na região em busca de Tarcísio, mas não o encontrou.

O enterro de Mayara está marcado para as duas horas da tarde desta segunda-feira (12) no cemitério Quinta dos Lázaros.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas