Jovem encontrada morta em Jequié saiu de casa para comprar lanche e fralda para o filho de 2 anos

bahia
06.02.2022, 15:35:00
(Arquivo Pessoal)

Jovem encontrada morta em Jequié saiu de casa para comprar lanche e fralda para o filho de 2 anos

O corpo foi localizado com marcas de disparos de arma de fogo e as mãos amarradas

A jovem Thalita Cristina Cardoso Barbosa, cujo corpo foi encontrado na sexta-feira (4), no anel viário de Jequié, cidade onde morava, estava desaparecida desde a última terça-feira (2), quando saiu de casa para comprar um lanche e fraldas para o filho de 2 anos.

A 1ª Delegacia Territorial daquela cidade investiga o caso, na expectativa de esclarecer a autoria e a motivação do crime. O corpo foi localizado com marcas de disparos de arma de fogo e as mãos amarradas. Junto à vítima foi encontrado um revólver calibre 38 sem munição e com a numeração raspada. 

Ao CORREIO, a namorada da jovem, de prenome Mayana, contou que a companheira saiu de casa para comprar lanches e fralda para o próprio filho. A criança ficou sob os cuidados de Mayana durante a saída da mãe. Mayana disse desconhecer qualquer circunstância de desentendimento entre Thalita e outras pessoas ou se a companheira vinha sofrendo algum tipo de ameaça. 

No dia do desaparecimento, Mayana, que mantinha um relacionamento há um ano e cinco meses com Thalita, ao perceber a demora da companheira, fez contato com a lanchonete. Em um áudio compartilhado com a reportagem, a pessoa do estabelecimento informa que Thalita havia passado por ali já há pelo menos 3h e já estaria com a fralda em mãos.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas