Juliana Paiva: o negócio é manter o corpo feliz e em movimento

empregos
05.05.2021, 09:39:00
Juliana Paiva acalentava o sonho de ter uma escola de dança desde a infância, mas queria um negócio diferenciado para trazer felicidade (Divulgação)

Juliana Paiva: o negócio é manter o corpo feliz e em movimento

Empresária e bailarina conta como transformou a felicidade do movimento e da dança em negócio voltado para o bem estar

Na infância, Juliana Paiva (@paivajuliana) e a irmã Cathi frequentaram escola de dança e, desde pequenas, acalentavam o sonho de, um dia, ter um lugar igual, onde as pessoas pudessem se divertir através do movimento, promovesse bem estar e amor próprio. Há cinco anos, ela e a irmã concretizaram o sonho na forma de um negócio: o Live2 Dance (@live2danceonline). 

No início da pandemia, as sócias perceberam que poderiam digitalizar a proposta, possibilitando que os alunos continuassem dançando e que os profissionais mantivessem seus trabalhos, nascia o Live2Dance on line.

A experiência das empresárias no mundo da dança e do bem estar físico será o tema do programa ao vivo Empregos e Soluções dessa quarta-feira, 05, às 18 horas, na página do Jornal Correio (@correio24horas), no Instagram. Na conversa com a consultora Flávia Paixão (@flaviapaixaooficial), Juliana abordará maternidade, empreendedorismo e desafios de lidar com essas mudanças em plena pandemia.

Juliana, que é graduada em Enfermagem e Balé Clássico, além da formação em outras modalidades de dança, diz que, desde o início, o maior desafio enfrentado foi o medo. “Não é fácil começar um negócio e nunca havíamos tido nada. Quando começamos, investimos na pesquisa de campo, fomos conhecer o que as escolas estavam realizando em Salvador e decidimos que queríamos ter um espaço onde as pessoas pudessem dançar livremente muitas modalidades, que fossem felizes”, conta.

Para Juliana, empreender é sinônimo de criatividade, determinação, coragem de criar algo novo e estar todo tempo se reciclando. “Para começar um negócio é fundamental apelar para  a ousadia para manter ele firme, com seus diferenciais e sempre ativo no mercado”, defende.

No caso do Live2 Dance, a proposta das irmãs era que as pessoas não tivessem medo e nem vergonha da expressão corporal. “Nosso diferencial reside justamente no fato de oferecer uma metodologia voltada para adultos, pois a maioria das escolas focam apenas na infância”, finaliza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas