Lâmpadas LED resultam em economia de energia para prefeitura de Salvador de quase 30%

salvador
15.10.2021, 10:58:00
Atualizado: 15.10.2021, 10:59:00
(Foto: Bruno Concha/Secom)

Lâmpadas LED resultam em economia de energia para prefeitura de Salvador de quase 30%

Atualmente, 70% dos pontos de iluminação da cidade já contam com o uso da tecnologia de LED

Dos 175 mil pontos de iluminação existentes em Salvador, 116 mil deles já contam com luminárias em LED, o que representa, aproximadamente, 70% da capital baiana. Entre os principais benefícios que esse tipo de luminária traz está na redução do consumo, que já chega a quase 30%, como explica o gerente de Eficiência Energética da Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Rafael Miranda. "Isso reflete menos gastos, fazendo com que mais recursos possam ser empregados em outros projetos de desenvolvimento urbano pelo município", destacou.

Muito antes da crise energética no país estar entre os assuntos mais comentados, a modernização da iluminação pública em LED, que favorece a economia de energia, vem sendo adotada pela prefeitura desde 2013. Os dispositivos em LED são muito mais eficientes do que as lâmpadas comuns, porque elas produzem a mesma quantidade de lúmen – unidade de medida de fluxo luminoso –, utilizando bem menos energia. Essa tecnologia, inclusive, é o mote principal do programa Iluminando Nosso Bairro, que tem melhorado a luminosidade e até mesmo proporcionado maior sensação de segurança em diversas localidades da capital baiana.

Os refletores e luminárias, instalados no processo de modernização da iluminação pública em Salvador, são compatíveis para receber o sistema de telegestão. Esse sistema permite, por exemplo, controlar os equipamentos de forma remota, assim como realizar a identificação imediata de ocorrências para manutenção.

"É mais uma forma de reduzir gastos. Com o sistema de telegestão, podemos controlar, também, a intensidade de iluminação à distância, uma vez que o fluxo luminoso pode ser adaptado à necessidade do local, através de programação", avaliou Miranda.

Em Salvador, a telegestão de iluminação foi implantada em diversos pontos da cidade, como as avenidas Luís Eduardo Magalhães e Mãe Stella de Oxóssi, o bairro do Bonfim e o Túnel Américo Simas, entre outros. A economia com energia elétrica gerada pelo sistema atinge, em média, 24%, podendo chegar a 35%.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas