Latam lança voos regulares com destino à Ilha de Comandatuba e Vitória da Conquista

bahia
12.08.2021, 18:08:00
(Divulgação)

Latam lança voos regulares com destino à Ilha de Comandatuba e Vitória da Conquista

Os voos partem de São Paulo com frequência de dois a cinco dias na semana

A companhia aérea Latam lançou duas novas conexões entre São Paulo e cidades baianas. A Ilha de Comandatuba, no município de Una, litoral sul da Bahia, e Vitória da Conquista receberão voos regulares ainda este ano.

A partir do dia 2 de setembro, será possível comprar passagens no aeroporto de Congonhas com destino à Comandatuba, e, no dia 6 de dezembro, os passageiros poderão sair de Guarulhos até Conquista, na zona turística Caminhos do Sudoeste. 

Os voos serão operados por aeronaves Airbus A320, com espaço para 170 passageiros.

O avião da rota São Paulo-Congonhas – Comandatuba partirá duas vezes por semana, às quintas-feiras e aos domingos, com ida e volta programadas para o mesmo dia. A Latam já atendia a região turística da Costa do Cacau, mas não regularmente. 

Já na rota São Paulo-Guarulhos - Vitória da Conquista, a frequência será de cinco dias na semana. Para orientar os visitantes de Vitória da Conquista, a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia(SETUR) implantará um posto do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) no aeroporto Glauber Rocha.

"Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, as boas notícias não param de chegar. Na semana passada, foram os voos da Azul, para Guanambi e Lençóis. Agora, a Latam anuncia mais duas linhas. As negociações para retomar voos interrompidos durante a pandemia e atrair novas rotas continuam", declarou Maurício Bacelar, responsável pela pasta.
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas