Lavagem do Bonfim na pandemia tem cortejo de imagem e Colina Sagrada esvaziada

salvador
14.01.2021, 10:23:32
Atualizado: 14.01.2021, 11:32:12
(Arisson Marinho/CORREIO)

Lavagem do Bonfim na pandemia tem cortejo de imagem e Colina Sagrada esvaziada

Alguns fiéis chegaram a ir na Colina, mas foram dispersados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Colina Sagrada vazia. Imagem do Senhor do Bonfim saindo da Igreja da Vitória. O ano de 2021 entrará para a história como aquele em que a Lavagem do Bonfim, uma das festas religiosas mais importantes do país, teve a programação totalmente modificada, após mais de dois séculos de realização. 

Por causa da pandemia do coronavírus, fiéis não puderam fazer a tradicional caminhada que sai da Igreja da Conceição da Praia, no Comércio, até a Basílica do Senhor do Bonfim. Algumas pessoas acompanharam a passagem da imagem peregrina do santo, que percorreu as ruas de Salvador na manhã desta quinta-feira (14).

Nas ruas do Centro Histórico, por onde a imagem passou, por volta das 9h, algumas pessoas vestidas de branco assistiram o cortejo solitário da imagem, que estava em um veículo aberto do Corpo de Bombeiros, com apoio Transalvador.

(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)

A imagem foi saudada por uma salva de palmas. Algumas baianas, figuras tradicionais da lavagem das escadarias da Basílica do Senhor do Bonfim (que este ano não ocorrerá), se emocionaram e pediram proteção. Uma delas foi Silvia Pitancourt, de 59 anos, que se emocionou e pediu proteção e saúde para o ano de 2021. "Essa passagem nos enche da certeza de um ano melhor. É uma forma de validarmos a nossa fé, pois é só ela que nos sustenta", disse.

Após passar pelo Terreiro de Jesus, um ponto diferente do tradicional, a imagem seguiu sem aglomerações pela Rua Carlos Gomes em direção à Avenida Lafayete Coutinho (Contorno) até a Basílica da Conceição da Praia, tradicional ponto de partida da lavagem todos os anos. De lá, no Comércio, o carro seguiu com a imagem pelo conhecido trajeto de aproximadamente oito quilômetros até a Colina Sagrada.

Toda a programação da manifestação religiosa está sendo transmitida ao vivo pela Web TV do Bonfim (canal do Youtube), por onde as celebrações, mensagens e atos religiosos podem ser acompanhados. Alguns fiéis chegaram a ir para a Colina Sagrada, mas encontraram um cerco montado pela prefeitura para impedir aglomerações no entorno da igreja.

Logo no começo da manhã, equipes da Guarda Civil dispersaram algumas pessoas que estavam no gramado da subida da Colina Sagrada. 

Com acesso fechado, Colina Sagrada ficou completamente vazia
(Foto: Gil Santos/CORREIO)

A primeira missa na Basílica do Santuário de Nosso Senhor do Bonfim foi de bancos vazios e portas fechadas. A arquidiocese avisou que a celebração seria transmitida através das redes sociais e que o acesso do público seria proibido por conta das medidas sanitárias de combate ao avanço do novo coronavírus.

(Foto: Gil Santos/CORREIO)

Por volta das 10h50, a imagem peregrina chegou à Colina Sagrada, em uma viatura do Corpo de Bombeiros.

(Foto: Gil Santos/CORREIO)

Acompanhe a missa que acontece na Basílica, após o cortejo da imagem


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas