Lumena indica que vai lançar seu projeto de pagode no Dia da Consciência Negra

correio afro
12.11.2021, 18:57:00
(Foto: Reprodução)

Lumena indica que vai lançar seu projeto de pagode no Dia da Consciência Negra

DJ foi convidada do programa Conexões Negras nesta sexta (12)

Autorização, pagodão, reflexão e Lumãe. Assim foi o Conexões Negras desta sexta-feira (12), que teve a participação de Lumena Aleluia - cada vez mais em busca de ser menos ex-BBB e mais dona de sua própria vida: sem amarras, sem estigmas e com muito pagodão. A DJ falou de seus projetos artísticos, a busca por validação e suas ideias para o futuro. De quebra, ainda deu um pequeno spoiler de que lança o seu primeiro EP no próximo 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra.

No mesmo dia, o CORREIO também transmite o filme do Desfile do Afro Fashion Day 2021, a partir das 18h. A informação foi passada pelo apresentador Jorge Gauthier durante o programa - que foi muito movimentado e teve até participação de Gil do Vigor, que mandou um beijo para Lumena e disse que só não entrou no programa porque estava na faculdade.

Lumena falou diretamente do terreiro de candomblé onde é recém-iniciada. Logo na chegada, ela falou que a musicalidade baiana foi fundamental na retomada de sua vida após o BBB. Ela foi eliminada com 61,31% dos votos e enfrentou uma rejeição muito forte por conta de sua participação na casa. Aqui fora, ela literalmente ressignificou a personagem mais enrijecida que demonstrou dentro da casa e tenta se transformar numa pessoa mais leve.

"Me perceber mulher negra foi um processo de libertação. EU não tinha coragem para me libertar. Assumir relação com redes sociais, entretenimento, pagodão. Num dado momento acreditei que para ser respeitada tinha que ter uma performance dura, enrijecida. Aquilo me adoecia, mas achava que só aquela performance social me adoecia", disse. 

Em seu projeto musical, Lumena disse que vai se arriscar também cantando e já preparou um set especial para o carnaval - acontecendo presencialmente ou não. "A gente que nasce em território soteropolitano, crescemos ouvindo percussão, groove arrastado, samba reggae. Fiz um trabalho de memória. Em meu set eu toco de pagodão das antigas, pagotrap, pagofunk, para apresentar essa camada musical que tanto somos apaixonados em Salvador", contou.

Lumena não fugiu de perguntas mais complicadas e falou que até os memes que criaram com a imagem dela estarão presentes nas músicas que vai lançar no final do mês. "Pegamos o limão podre para fazer uma limonada. Foi um laboratório social, foi gostoso a nível de processo, da minha jornada. Me libertei de coisas que tava afim e assumi uma relação com a arte", contou.

Lumena foi uma das juradas do Afro Fashion Day participou da seleção dos modelos que entraram pelo Tik Tok. Ela falou da importância do evento para formar modelos negros e alimentar sonhos para a construção de uma nova moda, com novos e talentosos rostos. 

Confira a íntegra do Conexões Negras no vídeo abaixo:

O Afro Fashion Day é um projeto do jornal Correio com o patrocínio do Grupo Boticário, Hapvida, TikTok, com apoio Institucional da Prefeitura Municipal de Salvador, Sebrae, apoio do Shopping Barra, Laboratório CLAB, CCR Metrô, Vizzano, Clube Melissa e Suzano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas