Machucado, Rodallega vira dúvida no Bahia para jogo com o Fortaleza

e.c. bahia
17.02.2022, 16:34:00
Rodallega se machucou na partida contra o CSA e não tem presença garantida diante do Fortaleza (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Machucado, Rodallega vira dúvida no Bahia para jogo com o Fortaleza

Atacante será avaliado pelo DM para saber se terá condições de atuar

O Bahia que vai enfrentar o Fortaleza, neste sábado (19), às 17h45, no estádio Castelão, pela Copa do Nordeste, pode ter mais de um desfalque importante. 

Depois de perder o zagueiro Luiz Otávio, que foi expulso no empate por 1x1 com o CSA, o tricolor ainda não sabe se terá o atacante Hugo Rodallega na partida que será disputada na capital cearense. 

O colombiano sofreu uma entorse no tornozelo durante o duelo com os alagoanos, na Fonte Nova, e está como dúvida para o confronto. Foi de Rodallega o gol que impediu a derrota do Esquadrão para o CSA, mas o atacante praticamente não comemorou já que logo após o tento ele saiu mancando e desabou no gramado. 

"Sobre a lesão, a gente se preocupou muito achando que seria muscular, mas foi uma lesão no tornozelo, foi uma entorse, mais que isso não sei. O DM vai avaliar e passar para gente", explicou o técnico Guto Ferreira logo após o jogo.

O jogador iniciou o tratamento e vai ser avaliado pelo departamento médico para saber se terá condições de jogo. Vale destacar que o colombiano é o artilheiro da Copa do Nordeste, com quatro gols. 

Se Rodallega não puder atuar, o Bahia tem como opções no elenco os atacantes Ronaldo e Marcelo Ryan. Uma outra alternativa seria atuar com Marcelo Cirino como jogador de referência. Ele já fez a função em algumas partidas do tricolor.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas