Madrasta investigada por envenenar enteados é suspeita de dar querosene para criança

brasil
30.05.2022, 10:38:42
(Reprodução)

Madrasta investigada por envenenar enteados é suspeita de dar querosene para criança

Caso teria acontecido há 20 anos

Cíntia Mariano, madrasta suspeita de envenenar dois enteados no Rio de Janeiro, é suspeita de ter praticado o mesmo crime com outras pessoas: um ex-namorado, um vizinho e um outro enteado – uma criança de 6 anos e que seria meia-irmã do seu filho.

A história foi contada pelo filho de Cíntia, em depoimento prestado à polícia, segundo o g1. O caso teria acontecido há 20 anos.

Foi o filho de Cíntia também quem contou à polícia que a mãe confessou ter dado chumbinho a Fernanda Cabral, de 22 anos - que não resistiu e morreu -, e Bruno Cabral, de 16 anos, que passou mal, ficou internado e levantou suspeitas pelas semelhanças de mal-estar com os da irmã morta dois meses antes.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas