Mais de 160 voos da Avianca são suspensos em Salvador até segunda-feira (27)

salvador
24.05.2019, 21:03:00
Atualizado: 24.05.2019, 21:49:31
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Mais de 160 voos da Avianca são suspensos em Salvador até segunda-feira (27)

Crise na companhia aérea gerou suspensão total das atividades nesta sexta-feira (24)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Cento e sessenta e oito voos que partiriam ou pousariam em Salvador entre esta sexta-feira (24) e a próxima segunda-feira (27) não vão circular devido à suspensão das operações da empresa, determinada pela Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) nesta sexta. A lista, publicada oficialmente no site da própria Avianca, inclui voos para diversos destinos. Apenas nesta sexta, são 43 voos suspensos.

Segundo informou a Anac, a decisão foi tomada de forma cautelar e será mantida até que a empresa comprove capacidade operacional para manter as operações com segurança. A decisão foi tomada com base em informações prestadas à área responsável por segurança operacional da agência.

Aos passageiros, a orientação é que entrem em contato com a empresa e não se desloquem para o aeroporto até que novas informações sejam divulgadas. A empresa continua obrigada a oferecer opções como reembolso e reacomodação em voos de outras companhias.

Em Salvador, só estavam partindo dois voos diários, por volta das 4h e 23h. No fim da tarde desta sexta, o movimento no guichê da empresa era pequeno.

Procurada, a Avianca informou que suspendeu as suas operações por iniciativa própria e de maneira temporária e que a Anac foi informada da decisão nesta sexta.  Os motivos da empresa seriam “preservar os padrões de segurança e eficiência que sempre foram prioridades em sua operação”, diz a nota.

Leia a íntegra da nota enviada pela Avianca: 

A Avianca Brasil informa que tomou a iniciativa de suspender temporariamente suas operações.
A Anac foi oficialmente comunicada nesta sexta-feira, 24 de maio de 2019, e a decisão, tomada pela Avianca Brasil, tem como propósito preservar os padrões de segurança e eficiência que sempre foram prioridades em sua operação.
A empresa reitera ainda que está totalmente focada em dar continuidade ao seu Plano de Recuperação Judicial.
A Avianca Brasil esclarece que continuará cumprindo a Resolução 400 da Anac para atender aos passageiros que tiveram seus voos cancelados e reforça que atua na busca de soluções para restabelecer a sua operação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas